Black Eyed Peas exalta SP em show no Anhembi para 20 mil

Começou, com mais de uma hora de atraso, o show do grupo americano Black Eyed Peas na Arena Skol, no Anhembi, em São Paulo. Cerca de 20 mil pessoas foram conferir a apresentação da sensação do hip-hop, que teve duração de aproximadamente duas horas e transcorreu sem incidentes. O músico Ricardo Marques abriu o show cantando hits como Desenho de Deus, de Armandinho, mas pareceu incomodar a platéia, ansiosa pela entrada dos astros. Assim como no show em Porto Alegre, realizado na última quarta-feira, o BEP, formado por will.i.am, apl.de.ap, Taboo e a bela Fergie, não empolgou o público com as três primeiras músicas (Hey Mama, Disco Club e Dum Diddly). Foi com Don´t Lie (cujo videoclipe mostra imagens do Rio de Janeiro) que os paulistas se animaram. A partir daí, só festa. Shut Up veio em seguida e mostrou que ainda está com tudo - a canção faz parte do CD Elephunk, lançado em 2003. Pump It, a faixa-título do CD que dá nome à turnê, Monkey Business, agitou ainda mais a multidão, que vibrava cada vez que algum dos integrantes tecia algum elogio ao País e à cidade. "Já estive em muitos países. México, França, Reino Unido....mas o Brasil é o lugar que eu mais amo do mundo", disse will.i.am, o líder e produtor do grupo. Will repetia em várias as músicas "eu amo São Paulo", e revelou que a cidade é especial para ele, pois quando vieram ao Brasil em 2004 foi em São Paulo que tocaram pela primeira vez. Antes de Where Is The Love (Onde Está o Amor, na tradução livre para o português), o hit que transformou o grupo em grande sucesso de popularidade, Will afirmou que eles estavam procurando pelo amor, mas já encontraram, "aqui, no Brasil". Um dos pontos altos do show foi a música Mas Que Nada, uma parceria do quarteto americano com o músico e produtor brasileiro Sergio Mendes. Os paulistas mostraram ter a música, que integra apenas o CD Timeless, de Mendes, na ponta-da-língua. Foi um momento de grande interação entre o público e o grupo: o BEP cantava as partes em inglês e os fãs os trechos em português. A vocalista Fergie brilhou ao cantar seu single London Bridge (com coroa e tudo!), que está em seu recém-lançado e já bem-sucedido álbum solo The Dutchess (A Duquesa). Depois, cantou sozinha um trecho de Sweet Child O?Mine, do Guns ?N Roses, e deu um show de sensualidade em My Humps, caprichando no rebolado. O Black Eyed Peas se apresenta neste domingo em Belo Horizonte e na terça-feira em Brasília, finalizando a turnê Monkey Business no País. Matéria atualizada às 10h45, para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.