Beyoncé passa perto de risco de contrair hepatite A

A pop star Beyoncé Knowles compareceu à festa da revista Sports Illustrated em 14 de fevereiro, onde vários convidados foram expostos à hepatite A, mas não corre o risco de ter sido contagiada pela doença porque não provou a comida do evento, garantiu seu porta-voz, Alan Nierob. "Graças a Deus, nenhum de nós comeu. De acordo com o departamento de saúde, então não existe risco", comunicou Nierob. A festa, realizada em West Hollywood, na Califórnia, aconteceu por ocasião do lançamento do mais recente número da revista, com Beyoncé estampada na capa. Além da estrela, estavam presentes diversas modelos. O evento foi o 13.º em que o chef de cozinha Wolfgang Puck Catering expôs o público à doença, disseram autoridades. Cerca de 3.500 pessoas ficaram expostas à doença rara e fatal entre o dia 3 de fevereiro e o dia 20, mas "quem não tocou nas comidas, não corre perigo", segundo o médico Jonathan Fielding, diretor público de saúde do município de Los Angeles. Hepatite A é uma infecção viral que pode causar fadiga, dores abdominais, perda de apetite, náusea, vômitos, diarréia e febre. O vírus é quase sempre espalhado por contato fecal e oral, mas também pelo toque entre mãos e boca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.