Filipe Araújo/ AE
Filipe Araújo/ AE

Beyoncé admite plágio em clipe de 'Countdown'

De acordo com a cantora, vídeo usa referências dos anos 60 e 70

estadão.com.br,

14 de outubro de 2011 | 15h53

SÃO PAULO - Beyoncé admitiu nesta sexta-feira, 14, que se inspirou em coreografia de balé belga no clipe da música Countdown. A cantora foi procurada pelo advogado da companhia Rosas, dirigida pela coreógrafa Anne Teresa de Keersmaeker sob a acusação de plágio.

Em comunicado à imprensa, Beyoncé admitiu que usou referências da peça Rosas danst Rosas, transformada em filme em 1997. "Claramente, a coreografia Rosas Danst Rosas foi uma das muitas referências que usei para o meu clipe de Countdown.

Também era um tributo ao filme Cinderela em Paris, com a legendária Audrey Hepburn. Minha inspiração foram os anos 60 e 70, Brigitte Bardot, Andy Warhol, Twiggy e Diana Ross”, divulgou.

A coreógrafa, que havia declarado em entrevista ao Estado desta quinta-feira, 13, não ter ficado brava com o plágio, emitiu um comunicado em resposta à declaração de Beyoncé, alegando que o uso da coreografia é bonito, mas não tem significado, sendo usado apenas para o entretenimento e reafirmou que o uso dos passos sem autorização vai gerar consequências. Ainda assim, desejou felicidades à cantora.

Beyoncé disse que irá inserir anúncios publicitários beneficiando a companhia de dança em seu vídeo no Youtube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.