Bethânia espanta o tédio com show de "Brasileirinho"

Avessa à globalização do mundo moderno, que acha "um tédio", Maria Bethânia cada vez mais procura o que, em suas próprias palavras, faz bem para a alma. Dessa incursão pela beleza interna, a partir do lar natal em Santo Amaro da Purificação, fez descobertas grandiosas que resultaram em Brasileirinho, um dos discos mais belos do ano passado. A versãoexuberante para o palco, após breve estada no Rio, chega a São Paulo paratrês únicas apresentações.Sob a direção de Bia Lessa e a regência de Jaime Alem, é o mesmo show visto pelos cariocas, exceto pelo desfalque de Nana Caymmi ("a ausência dela éuma grande tristeza") e do grupo Uakti ("uma jóia da minha vida"), ocupados com projetos próprios. A idéia era reproduzir ao vivo as sonoridades do disco, com os mesmos instrumentos e vozes dos convidados. Assim foi feito no Canecão, no mês passado, para a gravação do DVD que sai no segundosemestre.Em São Paulo, Bethânia conta com a participação do grupo de choro Tira Poeira e de Miúcha, que canta Cabocla Jurema (domínio público) eCorrenteza, de Tom Jobim e Luiz Bonfá. Esta e outras canções do roteiro que não estão no CD, como João Valentão (Dorival Caymmi) eRio de Janeiro (Ary Barroso), têm, segundo Bethânia, "o mesmo olhar, o mesmo entendimento" de Brasileirinho. "Miúcha é representante da coisa chique musical brasileira. E essa canção mostra o lado oposto ao do Tom mais conhecido, tão urbano", diz. A terna Estrela do Mar (Marino Pinto/Paulo Soledade) evoca Dalva de Oliveira (1917-1972), uma de suas influências. "São elementos dos quais a gente se afasta e vão se perdendo."Como o disco, o show se inicia com um trecho do poema O Descobrimento, de Mário de Andrade, na voz de Ferreira Gullar, mesclado com a tocante melodia de Salve as Folhas (Gerônimo/Ildásio Tavares), que Bethânia canta em registro vocal peculiar. À abertura arrebatadorasegue-se Gente Humilde (Vinicius de Moraes/Garoto/Chico Buarque). Elavolta no bis a Vinicius (Tarde em Itapoã), a quem dedica seu próximo disco, previsto também para este ano.Maria Bethânia - Hoje e amanhã, às 22 horas; e domingo às 20 horas. De R$ 40 a R$100. No Tom Brasil ? Nações Unidas, Rua Bragança Paulista, 1.281, tel. 2163-2000

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.