Belém premia novos talentos do canto lírico

A final do 5.º Concurso Internacional de Canto Bidu Sayão aconteceu no último sábado, quando foram entregues os prêmios de canto lírico, no Theatro da Paz, em Belém. Cada um dos oito concorrentes teve de apresentar três peças.Entre os homens, o primeiro lugar ficou com o tenor português Bruno Ribeiro, o segundo para o barítono mineiro Davi Marcondes, e o terceiro para o tenor catarinense, Marcos Liesenberg. Entre as mulheres, houve apenas primeiro e segundo prêmios, para as sopranos Luciana Melamed, do Paraná, e Sandra Medeiros, de Portugal. A meio-soprano paulista, Virgínia Cavalcanti, ganhou o prêmio do público e o especial para intérprete de canção. Thiago Arancam, tenor de São Paulo e o mais jovem concorrente (ele tem 22 anos) saiu com o troféu Revelação. Os oito finalistas haviam sido selecionados ao longo da semana passada, após uma série de provas classificatórias. Os primeiros a se apresentar na final foram Davi Marcondes, a soprano baiana Elisabete Almeida, Marcos Liesenberg e Virgínia Cavalcanti. Depois de um intervalo, foi a vez de Thiago Arancam, das sopranos Luciana Melamed e Sandra Medeiros, e de Bruno Ribeiro.

Agencia Estado,

20 de abril de 2004 | 16h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.