Reprodução
Reprodução

Belchior é encontrado no Uruguai e fala à Rede Globo

Cantor disse estar no país por 'ligação muito grande com a América Latina' e parodiou uma de suas canções

Da Redação,

31 de agosto de 2009 | 16h48

O cantor e compositor Belchior, de 62 anos, cujo desaparecimento há dois anos foi amplamente divulgado pela mídia na última semana, foi encontrado em uma pequena cidade do Uruguai e concedeu entrevista à repórter Sônia Bridi, da Rede Globo, transmitida pelo Fantástico, no domingo, e pelo SPTV 1.ª edição, nesta segunda, 31. Na sexta-feira, 28, o portal estadao.com.br divulgou uma foto do cantor ao lado do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), em evento promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em 9 de fevereiro, em Brasília.

 

Veja também:

 linkBelchior é visto ao lado de Sarney, em Brasília

linkA nota original de El País (em espanhol)

linkCantor Belchior está no Uruguai, diz o jornal 'El País'

 

O autor de Como Nossos Pais, um hino dos anos 70, foi localizado vivendo em uma pousada simples na cidade de San Gregório de Polanco, de apenas 2,5 mil habitantes. Segundo a reportagem exibida pela Globo, Belchior relutou em conceder entrevista e se recusou a falar sobre as dívidas que deixou por aqui. Negou que estivesse desaparecido e declarou: "vivo em São Paulo. Já é a segunda vez que venho de lá para cá, para o Uruguai. Eu tenho uma ligação muito grande com a América Latina. Eu sou apenas um rapaz latino americano", concluiu Belchior, parodiando a letra de uma de suas canções, Apenas um Rapaz Latino-Americano.

 

Segundo a ex-mulher Ângela Margareth Henman Belchior e os dois filhos que teve com ele, Belchior está desaparecido há dois anos. Abandonou o flat onde morava, largou um dos carros, um Sonata Hyundai branco, no Aeroporto de Congonhas, em outubro de 2008, gerando uma dívida de R$ 18 mil com o estacionamento, entre outras. Segundo o Jornal da Tarde, a ex-mulher contratou o advogado advogado Leonardo Scatolini e intimou judicialmente o cantor por não ter pago a pensão durante os meses de setembro a novembro de 2008. A dívida já passa de R$ 25 mil.

 

A notícia de seu desaparecimento atravessou fronteiras. Até o jornal inglês The Guardian divulgou a história, citando rumores de que ele teria se isolado para traduzir A Divina Comédia, de Dante Alighieri. Na internet, centenas de teorias de conspiração indagavam se o compositor estaria preso, vivo, morto ou em coma. O site do jornal El País, também localizou o cantor no Uruguai e divulgou no domingo uma entrevista realizada por telefone com a mulher do cantor.

 

Edna Assunção de Araújo, disse ao El País, que não entendia como todos podiam estar falando de seu desaparecimento, pois ele continua fazendo apresentações e está trabalhando em novos projetos. Segundo o jornal, o casal está morando em São Gregório de Polanco em busca de tranquilidade, para produzir composições e programar o futuro.

Tudo o que sabemos sobre:
Belchior

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.