BB King faz o primeiro dos três shows programados em São Paulo

Na noite desta quinta-feira, 18, o bluesman BB King fez a primeira das três apresentações previstas para acontecer na cidade de São Paulo. Com ingressos a R$ 950,00, o músico de 84 anos tocou para um público seleto no Bourbon Street, tradicional bar de blues e jazz em Moema, na zona sul da capital paulista.

estadão.com.br - Fotos: Paulo Pinto/AE

19 de março de 2010 | 07h49

 

Veja também:

blog EDMUNDO LEITE: BB King toca sem parar

 

Nesta sexta-feira e também no sábado, BB King toca na casa de shows Via Funchal. Os ingressos já estão esgotados.

 

Em entrevista coletiva, o bluesman lamentou que sua música não toque nas rádios, e que não tenha conseguido acumular o bastante para uma velhice mais tranquila. "Os músicos às vezes ganham pouco dinheiro. Alguns de nós estão de bolsos vazios. Não sou uma moça bonita e o blues não está no topo. As pessoas não ouvem B.B. King, não sabem de B.B. King." O tom não é de queixa - depois de tantos anos de circulação, de ver tantos guitarristas surgirem e desaparecerem, ele soa resignado. Apesar das dificuldades, acredita na força do blues e no poder de sua lendária guitarra, a qual chama de Lucille. "O blues nunca vai morrer. É como a música clássica, como Beethoven."

 

 

 

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
BB KingSão PauloBluesBourbon Street

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.