Michel Euler/AP
Michel Euler/AP

Baterista Charlie Watts deve perder a turnê dos Rolling Stones

Músico de 80 anos se recupera de um procedimento médico; Steve Jordan toca em seu lugar na turnê No Filter

Redação, AP

05 de agosto de 2021 | 10h11

O baterista dos Rolling Stones, Charlie Watts, provavelmente perderá a próxima turnê da banda pelos Estados Unidos para permitir que ele se recupere de um procedimento médico não especificado.

Um porta-voz do músico disse que o procedimento foi "totalmente bem-sucedido", mas que Watts precisa de tempo para se recuperar. Os Stones estão programados para retomar sua turnê No Filter com um show no estádio em 26 de setembro em St. Louis.

“Com os ensaios começando em algumas semanas, é muito decepcionante - para dizer o mínimo. Mas também é justo dizer que ninguém previu isso”, disse um porta-voz do músico, em um comunicado.

Watts, de 80 anos, disse, também em um comunicado, que espera que sua recuperação atrase ainda mais a turnê, que deve visitar várias cidades dos Estados Unidos, incluindo Dallas, Atlanta, Los Angeles e Las Vegas.

“Pela primeira vez, meu timing estava um pouco errado. Estou trabalhando muito para entrar em forma, mas hoje aceitei o conselho dos especialistas de que isso vai demorar um pouco ”, disse Watts, que foi submetido a um tratamento de câncer na garganta com sucesso em 2004. Ele será substituído por Steve Jordan, que já tocou com Keith Richards por anos.

Tudo o que sabemos sobre:
Charlie WattsRolling Stonesmúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.