Banda inglesa Depeche Mode cancela show em Israel

O anúncio cancelamento do show do grupo inglês Depeche Mode em Tel-Aviv foi feito no mesmo dia da suspensão de uma série de eventos esportivos e culturais em Israel, medidas tomadas em conseqüência da intensificação do conflito entre o país e o Líbano. Para o show do Depeche Mode, que aconteceria no próximo domingo, já tinham sido vendidos 44 mil ingressos. O anúncio do cancelamento da apresentação foi feito quase que simultaneamente à decisão da União Européia de Futebol (Uefa) de cancelar as partidas nos estádios israelenses das equipes Hapoel Tel Aviv e Bnei Yehuda. Os times de Israel, segundo a decisão da Uefa, deverão disputar em um país neutro suas partidas por competições européias, diante da falta de segurança na região."A decisão foi tomada não por motivos de segurança, mas pelas pressões dos grandes clubes, e viola a política da própria Uefa", expressou o presidente da Associação Israelense de Futebol, Itche Menahem.Por sua vez, o empresário encarregado da apresentação do grupo Depeche Mode en Tel-Aviv, Shuki Weiss, pediu para os jovens israelenses "guardarem as esperanças e o otimismo" a longo prazo. Segundo o empresário, a presença de artistas internacionais em Israel ficará cada vez mais difícil com o aprofundamento do conflito armado.

Agencia Estado,

03 de agosto de 2006 | 14h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.