Baixista do Blur apresenta documentário sobre cocaína

Ex-usuário, Alex James revela os horrores que cercam a produção da droga na Colômbia na emissora BBC

Efe,

25 de janeiro de 2008 | 01h00

Alex James, baixista do grupo Blur, um dos expoentes do pop-rock britânico, vai apresentar, no próximo dia 28, um documentário da "BBC" sobre os efeitos negativos da cocaína na Colômbia. James, que em autobiografia admitiu ter gasto um milhão de libras (US$ 1,97 milhão) em cocaína e champanhe quando sua banda estava no auge do sucesso, disse que "as pessoas no Reino Unido sabem que o leite vem das vacas, mas não sabem de onde vem a cocaína". No documentário, que será exibido dentro do programa "Panorama", o baixista do Blur viaja à Colômbia para revelar os horrores que cercam a produção da droga no país. A convite do presidente colombiano, Álvaro Uribe, James, que deixou as drogas e se dedica a cultivos orgânicos, se reuniu com um traficante, com uma "mula" (pessoa que transporta drogas em viagens internacionais) e com um matador de aluguel dos cartéis produtores. Duas das pessoas com as quais James conversou durante as filmagens do documentário morreram desde então. O músico também se reuniu com representantes da Polícia Antinarcóticos de San José del Guaviare (leste) e Tuluá (oeste), com os quais acompanhou operações de destruição de laboratórios de refino e de erradicação manual e aérea de plantações de coca. Além disso, sobrevoou o Parque Nacional Sierra de la Macarena (noroeste), onde o dano ambiental produzido pelos cultivos ilegais "deixou-o impressionado", segundo um comunicado emitido pela embaixada colombiana em Londres.

Tudo o que sabemos sobre:
BBCcocaínaBlur

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.