Backstreet Boys retomam shows e planejam cantar no Brasil

Grupo quer transformar novos shows em pista de dança e provar que continuam indestrutíveis

Efe,

19 Outubro 2007 | 14h44

Prestes a lançar um novo CD, no dia 30, os Backstreet Boys retomarão os shows, e, em entrevista exclusiva à Efe, revelaram que planejam fazer um show no Brasil durante a turnê de Unbreakable.   Com um integrante a menos, após a saída de Kevin Richardson, os quatro tentam mostrar que, apesar dos problemas enfrentados nos últimos anos, eles são indestrutíveis, nas palavras de AJ McLean.   "Estávamos jantando em Nova York, só os quatro, falando sobre o título do novo disco. E Brian soltou a palavra: inquebrantável. Logo depois pensamos que este era o nome que buscávamos, porque, apesar dos momentos difíceis e das mudanças na indústria musical, infelizmente continuamos sendo indestrutíveis", disse, entre risos.   AJ referia-se às dificuldades pessoais que viveram nos últimos dez anos, como a morte de parentes, seus problemas e os de Nick com o álcool, a operação de Brian no coração e a saída de Kevin.   Saída de Kevin   Em entrevista à Efe em uma suíte do luxuoso hotel Landmark, em Londres, AJ acrescentou que eles querem demonstrar o que sabem fazer de melhor: cantar. Após o retorno das Spice Girls, chegou a vez de os BSBslançarem seu sétimo álbum, o primeiro do grupo como quarteto.   No entanto, os membros do grupo querem deixar claro que estiveram juntos o tempo todo e que a saída de Kevin em 2006 foi uma surpresa, embora tenha as portas abertas para voltar.   "Se ele ligar amanhã dizendo que gostaria de voltar, só terá que aprender as letras", brincou BrianLittrell.   Brian acrescentou que, embora tenham recebido a sugestão de procurar um substituto para Kevin, decidiram que não estava em seus planos fazer um concurso para encontrar um novo integrante.   Para lembrar   Com as unhas pintadas de preto e o braço tatuado à mostra, AJ explicou que este álbum é um "homenagem" às canções pop que os BSBs fizeram nos últimos 15 anos, para "lembrar" tudo o que fizeram e o que ainda está por vir.     "É definitivamente mais dançante que 'Never Gone' (o álbum anterior). Inclui vários estilos musicais e combina o som de nossas canções dos anos 90 com um pop-rock cheio de guitarras", explicou.   Brian assegurou que os membros do grupo estão "emocionados" com a volta. "Nós nos envolvemos muito, tanto ao escrever algumas das canções como ao produzir o álbum", afirmou.   Com uma introdução à capela para "lembrar ao público" que continuam sendo um grupo "harmônico vocal", o novo trabalho de Nick Carter, Brian Littrell, AJ McLean e Howie Dorough será mostrado emuma turnê que começará no Japão, em fevereiro de 2008.   Na pista de dança   "Participamos de um curso de dança em Los Angeles porque queremos transformar novamente nossos shows em uma pista. Estamos mais velhos, mas não velhos demais para retomarmos as coreografias", afirmou Brian.   Com shows confirmados na Europa e nos Estados Unidos, o grupo virá à América Latina, onde se apresentará em Brasil, Venezuela, Chile, Argentina e México, com datas ainda não definidas.   Os Backstreet Boys venderam mais de 75 milhões de cópias desde 1996, quando lançaram o primeiro álbum.

Mais conteúdo sobre:
Backstreet Boys

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.