Axé dá vexame em festival no Chile

O axé deu vexame no Chile. O grupo brasileiro Porto Seguro apresentou-se no Festival Internacional da Canção de Viña del Mar e foi a primeira vítima da temida platéia do evento, cuja capacidade de intimidar as atrações já lhe valeu o apelido de "o monstro". A recepção foi tão fria que os organizadores decidiram encurtar o show.A imprensa chilena avaliou a recepção como o "funeral" do gênero, que há dois anos vinha conseguindo ótimos números de vendas. Fabricio, líder do grupo, minimizou o fato. Reconheceu que a recepção foi fria, mas insistiu que isso nada tem de ver com uma possível queda de popularidade do axé. "Todos os ritmos têm altos e baixos", disse. Os integrantes do grupo saíram decepcionados do festival, lamentando o fato de que não levarão o prêmio do festival.

Agencia Estado,

21 de fevereiro de 2003 | 21h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.