Avó ganha a guarda do filho de Renato Russo

Por decisão unânime da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Giuliano Manfredini, de 15 anos, filho de Renato Russo, ficará sob a guarda da avó paterna, Maria do Carmo Manfredini, com quem vive em Brasília desde que nasceu. Conforme o site do STJ, caberá a avó decidir sobre os destinos do garoto até sua maioridade, inclusive no que diz respeito ao patrimônio do único herdeiro de Renato. A disputa corre desde 1997, um ano após a morte do líder do Legião Urbana, quando os avós do garoto entraram com uma ação de tutela combinada com pedido de destituição do pátrio poder da mãe do garoto, Raphaela Manoel Bueno. Eles alegavam no processo que Raphaela nunca visitava o menino. O caso chegou ao STJ, segundo a advogada da família, Leilah Borges da Costa, porque o Tribunal de Justiça do Rio não havia se decidido pela destituição do pátrio poder, o que não teria permitido que Renato e Maria do Carmo Manfredini exercessem poderes mais amplos sobre o menino. O avô Renato morreu em fevereiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.