Mike Blake/ Reuters
Mike Blake/ Reuters

Autor das mais belas melodias do cinema, Ennio Morricone completa 90 anos

Músico ainda conduz grandes espetáculos pelo mundo; confira algumas de suas canções

Ansa

12 Novembro 2018 | 11h21

Nunca antes o cinema se reconheceu tanto na música. O italiano Ennio Morricone, que completou 90 anos no último sábado, 10, compôs mais de 500 melodias para o cinema e para a televisão, vendeu mais de 70 milhões de discos e conquistou o Oscar por sua carreira em 2007.

O músico deu o tom do pop italiano dos anos 1960 com seu toque de arranjador, ainda que sua verdadeira paixão tenha sido a música sinfônica, a experimentação e a inovação, com as quais ainda viaja o mundo com a turnê The 60 Years of Music.

A tour celebra suas seis décadas compondo, e desde 2016 o italiano já conduziu cerca de 50 concertos em 35 cidades na Europa. Até o fim do ano, Morricone ainda se apresenta na França, Bélgica e no Reino Unido, com mais de 200 músicos conduzidos por ele no palco, em um show que vendeu mais de 500 mil ingressos desde 2014.

Morricone também conquistou, em 2016, uma estatueta do Oscar de melhor trilha sonora com o filme Os Oito Odiados, de Quentin Tarantino, firmando mais uma vez sua marca como um dos maiores músicos das telonas.

Apesar dos grandes amigos que fez durante a vida, Morricone comemorou seus 90 anos em casa, no coração da velha Roma, onde nasceu, ao lado de seus quatro filhos e da mulher, Maria Travia, com quem vive desde 1956. 

 


 

Mais conteúdo sobre:
Ennio Morriconetrilha sonora

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.