Austrália traz a SP coral e malabaristas

Pegue uma trupe de atores acostumados a desempenhar técnicas circenses e una à lenda bíblica da Torre de Babel. O resultado é o espetáculo homônimo à construção famosa por abrigar pessoas que não conseguiam se compreender, que estréia hoje na Central do Circo - como parte do Cultura Inglesa Festival.Em sua sexta edição, o evento programou ainda para hoje a estréia de O Clube, peça de David Williamson. Amanhã, estréiam os espetáculos Redemption, Luna Parque, além do Coral de Melbourne.Formado por cantores amadores - médicos, engenheiros, professores e até estudantes, que não ganham nada por participar do conjunto - o grupo, famoso por ter feito o show de abertura dos Jogos Olímpicos de Sidney, irá se apresentar amanhã, às 21h, e domingo, ás 18h, no Teatro Alfa.Ao contrário do que foi apresentado em seu país natal, quando interpretaram canções compostas especialmente para o evento, os 40 integrantes do coral australiano irão passear suas vozes por clássicos como Mozart e Bach. "São músicas que amamos e que, acreditamos, irão atender ao nosso desejo: agradar ao público", diz Jonathan Grieves-Smith, regente do coral há três anos e responsável pelo reconhecimento internacional do grupo."Conseguimos formar um conjunto de pessoas talentosas e comprometidas com o que fazem, só por gostarem de ver os outros felizes."Dirigido por Rodrigo Matheus e encenada pela trupe do Circo Mínimo, Babel debate a condição humana ao fazer críticas ao estado das coisas no mundo contemporâneo, marcado por adjetivos como ambição e intransigência. No mesmo dia estréia O Clube, peça que narra relações pessoais de dirigentes, jogadores e técnico de um clube fictício da Austrália.Escrita por Joanna Murray-Smith (autora que ficou famosa após o sucesso da montagem Honra, encenada por Regina Duarte e Marcos Caruso, em 1999), Redemption usa a história de dois amigos que se encontram no apartamento de um terceiro amigo recém-assassinado para discutir a moral e os novos valores de uma sociedade em constante mudança. E às 16h estréia Luna Parque, espetáculo que recria o universo do circo e dos antigos parques de diversões, em que o palhaço é o astro principal.Coral de Melbourne - Teatro Alfa (Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722, tel. 5693-4000). Amanhã, às 21h e domingo, às 18h. Ingressos: de R$ 20 a R$ 30; O Clube - Auditório Cultura Inglesa-Higienópolis (Av. Higienópolis, 449, tel. 3826-4322). Hoje e amanhã, às 21h e domingo, às 20h (até dia 26). Ingresso: R$ 10; Babel - Central do Circo (Rua Adib Auada, 41, tel. 4612-9087). Hoje e amanhã, às 22h, e domingo, às 20h Ingresso: R$ 10; Redemption - Teatro Alfa (sala B). Amanhã, às 21h, e domingo, às 18h Ingresso: R$ 20, e no dia 25, às 21h, e 26, às 19h, no Teatro Cultura Inglesa-Pinheiros (Rua Deputado Lacerda Franco, 333, tel. 3814-0100). Ingresso: R$ 5; Luna Parque - Parque do Ibirapuera. Amanhã, domingo e dias 25 e 26 de maio, às 16h Grátis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.