Ator de "Família Soprano" mata policial no Bronx

Lillo Brancato tinha 17 anos e estava na praia quando foi abordado por um estranho com uma proposta irrecusável: fazer o papel de filho de Robert De Niro no filme Bronx Tale. Em português, Desafio no Bronx. AP/Lillo Brancato Jr., de 29 anos, que já interpretou um gângster, envolvido em tiroteio que leva policial à morteLillo, que tinha mesmo um jeitão De Niro, começou por cima sua carreira no cinema. No filme ele faz o papel de um jovem que ouve os conselhos do pai e rejeita o dinheiro farto de um mafioso do Bronx. Naquela época, um bairro perigoso.Poucos anos depois, Lillo conseguiu um bom papel em Família Soprano, uma das séries mais premiadas e bem-sucedidas da televisão americana. Fez um gângster que acaba morto.Neste fim de semana, Lillo e um amigo quebraram a janela de um porão para roubar drogas num apartamento, supostamente vazio.Duplo azar. As drogas tinham sido removidas um dia antes e, pior, um policial ouviu o barulho da vidraça quebrada. Eram quase 5 da manhã. Daniel Enchautegui já estava deitado mas saiu da cama, pendurou sua identidade de policial no peito, ligou pedindo reforço, se armou e saiu para investigar. Os três se encontraram frente a frente numa ruela ao lado do prédio. Daniel se identificou e deu voz de prisão. O assaltante respondeu à bala. O tiro acertou quase no coração do policial. Ferido, Daniel não só descarregou seu revólver como acertou todos os tiros, quatro no que tinha disparado primeiro e dois no ator-assaltante que estava desarmado. Quando a policia chegou, logo em seguida, os três ainda estavam vivos, mas Daniel não resistiu. Em apenas duas semanas, esta foi a segunda morte de um policial de Nova York neste ano. É quase uma aberração estatística. Mais de 99% dos policiais da cidade se aposentam sem dar nem receber um tiro. Nem no Bronx.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.