Ataque a fotógrafo que buscava Britney é investigado

Um detetive investigará o ataque com uma escopeta de ar comprimido a um fotógrafo quetentava fotografar a cantora Britney Spears no fim de semana.As autoridades disseram que receberam mais de vinte telefonemas da imprensa por causa do incidente e designaram um detetivepara investigar o caso."Devido à atenção da mídia, provavelmente daremos prioridade a isso para clarear tudo", disse o chefe policial, o sargento Robert Knudson.O fotógrafo Brad Díaz foi atingido nas pernas quando estava parado na rua a cerca de 45 ou 60 metros de uma casa na qual acredita-se que a cantora Britney Spears estava, disse a polícia. Não ficou claro se a cantora, de 23 anos, estava na casa do momento do incidente. Díaz, que foi hospitalizado e recebeu alta várias horas depois, disse que o disparo veio da direção da casa, disse Knudson.Os guarda-costas de Britney disseram às autoridades que não estavam envolvidos no caso. A assessora de Britney não respondeu à reportagem da AP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.