Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Astros do hip-hop 'diversificam' negócios para continuarem ricos

Por Zachary Goelman

REUTERS

17 de agosto de 2010 | 15h44

NOVA YORK (Reuters Life!) - O astro do rap Jay-Z está no topo de uma lista dos rappers mais ricos em 2010, ganhando mais do que o dobro do que o seguinte do ranking, Sean "Diddy" Combs.

Shawn "Jay-Z" Carter teve renda pessoal de 63 milhões de dólares entre junho de 2009 e junho de 2010, de acordo com a Forbes.com.

Diddy ganhou 30 milhões de dólares, sendo seguido pelo rapper americano-senegalês Aliuane "Akon" Thiam, com 21 milhões de dólares.

Apesar de condenado à prisão em março por porte de armas, o rapper nascido em New Orleans Dwayne "Lil Wayne" Carter apareceu em quarto lugar, ganhando 20 milhões de dólares, à frente do ícone do rap da Califórnia, Andre "Dr. Dre" Young, que ganhou 17 milhões de dólares.

Todos os astros do topo da lista compartilham uma estratégia comum: a diversificação.

Os rappers mais ricos ganharam dinheiro com propaganda de bebidas, marcas de roupas, nightclubs e pontas em filmes, além das turnês com shows e das vendas de disco.

Jay-Z é sócio da cadeia de clubes noturnos 40/40. Diddy faz propaganda para a vodca Ciroc e apareceu no filme "É muito rock, meu!". Dr. Dre e Lil Wayne têm selos de discos. Akon participou de uma campanha da Pepsi na Copa do Mundo.

O dinheiro de verdade não está na venda de discos, disse Zack O'Malley Greenburg, o escritor da Forbes que compilou a lista.

"O Eminem ficou empatado em 14o lugar, embora tenha vendido mais discos do que qualquer artista desde 2000", afirmou Greenburg.

Eminem ganhou 8 milhões de dólares este ano, apesar do lançamento do álbum "Recovery", que vendeu 741 mil cópias na primeira semana de vendas.

"É muito impressionante vê-lo tão embaixo na lista", disse Greenburg. "Comparado com seus pares, ele não faz muita coisa fora da música."

Os rappers respondem à era atual do download digital, quando a venda de discos não chega aos números de antigamente.

"Os artistas não lançam mais álbuns, eles lançam hits, assim têm um motivo para fazer uma turnê. Os hits e as turnês os fazem relevantes, e eles conseguem patrocínio e ganham dinheiro com propaganda", disse Greenburg, autor de uma biografia sobre Jay-Z.

A lista completa pode ser encontrada no www.forbes.com/hiphop.

Tudo o que sabemos sobre:
MUSICADINHEIRORAPPERS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.