Mario Anzuoni/Reuters
Mario Anzuoni/Reuters

Ariana Grande retornará a Manchester para show beneficente

Cantora americana retornará aos palcos no dia 7 de junho, em Paris, e depois prosseguirá com sua turnê

EFE

26 Maio 2017 | 17h41

MIAMI - A cantora americana Ariana Grande voltará a Manchester para fazer um show beneficente em homenagem às vítimas do atentado ocorrido nesta segunda-feira, 22, ao final de sua apresentação na cidade inglesa, no qual morreram 22 pessoas.

Em uma emotiva mensagem publicada nesta sexta-feira em sua conta oficial no Twitter, a cantora afirmou que o show, para o qual ainda não há data definida, servirá para arrecadar fundos a favor das vítimas e suas famílias após o ataque na Manchester Arena, que deixou ainda 64 feridos.

 

 

"Não deixaremos que isto nos divida. Não deixaremos que o ódio vença", declarou Ariana em uma mensagem na qual estendeu suas "profundas condolências" às vítimas do atentado, ainda que tenha reconhecido não há nada que ninguém "possa fazer para afastar a dor que estão sentindo".

"Estendo minha mão e coração e tudo o que possa dar a vocês e aos seus", escreveu a artista, que após o ataque cancelou dois shows que faria esta semana em Londres como parte de sua turnê Dangerous Woman e retornou à cidade Boca Raton, no sul da Flórida, onde vive.

A jovem cantora comentou ainda que a resposta a esta violência deve ser uma maior aproximação e solidariedade, assim como "amar mais, cantar mais forte e viver mais amável e generosamente que antes".

Ariana Grande também não se apresentará na Bélgica, Polônia e Alemanha, como pretendia fazer nos próximos dias, e, de acordo com seu site, retornará aos palcos no próximo dia 7 de junho com um show em Paris, após o que prosseguirá por outras cidades de Europa e América Latina, entre elas Rio de Janeiro e São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.