Danny Moloshok/ Reuters
Danny Moloshok/ Reuters

Ariana Grande receberá cidadania honorária de Manchester

Título será concedido após show da cantora ser alvo de ataque

Ansa

14 de junho de 2017 | 14h17

A cantora norte-americana Ariana Grande poderá ser a primeira pessoa na história de Manchester, no Reino Unido, a receber o título de cidadã honorária após organizar um show beneficente para as vítimas do atentado terrorista ocorrido na Manchester Arena durante sua apresentação.

De acordo com o Conselho Municipal da cidade, há uma necessidade de estabelecer um novo sistema de honrarias para reconhecer contribuições extraordinárias, assim como a realização do show beneficente "One Love Manchester".

No último dia 4 de junho, Ariana realizou uma apresentação em prol das vítimas e familiares do ataque ocorrido no dia 22 de maio, quando um homem-bomba se explodiu na porta da Manchester Arena, ao fim do show da cantora norte-americana. O ataque foi reivindicado pelo grupo jihadista Estado islâmico (EI) e deixou 22 mortos e dezenas feridas.

Em solidariedade ao atentado, Ariana conseguiu arrecadar cerca de 3 milhões de libras em um show para 50 mil pessoas. Grandes nomes da música se juntaram a ela como Justin Bieber, Katy Perry, Coldplay, Pharrell Williams, Miley Cyrus e Robbie Williams.

Após o show beneficente, a cantora pop também lançou um cover de "Over the rainbow" e relançou sua música "One last time" com rendimentos em prol das vítimas do atentado. Atualmente, a maior honraria que a cidade pode dar é o raro "Freedom of the City". (ANSA)

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.