Mike Blake/Reuters
Mike Blake/Reuters

Ariana Grande faz acordo em processo de plágio da música '7 Rings'

Processo aberto pelo rapper Josh Stone que a acusava de copiar uma música composta por ele dois anos antes

Jonathan Stempel, Reuters

17 de março de 2021 | 08h30

A cantora Ariana Grande fez um acordo em um processo aberto por um artista de hip-hop que a acusava de copiar o sucesso 7 Rings, de 2019, de uma música composta por ele dois anos antes. 

Josh Stone, um nova-iorquino que se apresenta com o nome artístico DOT, revelou o acordo com Ariana e outros 13 réus, incluindo suas editoras e vários compositores, em um documento de um tribunal federal em Manhattan.

Os termos não foram revelados, e um juiz ordenou o indeferimento do processo de Stone por conta do acordo. Os advogados das partes envolvidas não responderam imediatamente a pedidos por comentários. 

Stone reivindicava que "especialistas em musicologia altamente considerados" haviam concluído que a batida, o gancho, as letras e a estrutura rítmica de 7 Rings foram retirados da canção You Need It, I Got It.

Ele disse que apresentou sua música em reuniões do Grupo Universal Music, nas quais esteve presente um dos produtores de Ariana Grande, Tommy Brown, também um réu no processo, e que "não estaria recebendo o crédito devido pelo sucesso de I Got It e 7 Rings". 

Os réus disseram que ouvintes comuns iriam considerar que as duas músicas são "muito diferentes" e que Stone não tinha o monopólio sobre frases como I got it

 

Tudo o que sabemos sobre:
Ariana Grandemúsicaplágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.