Apple e Beatles põem fim à batalha legal pelo uso de marca

Um novo acordo firmado entre a empresa tecnológica Apple Computer e a Apple Corps, a companhia fonográfica fundada pelos Beatles, porá fim à batalha legal que ambas as empresas travavam há mais de 25 anos, pelo uso de seu nome comum, informou hoje a "BBC".A gigante da informática terá, a partir de agora, um controle total sobre a marca Apple, mas irá conceder licenças à empresa dos Beatles para seu uso contínuo.O diretor da Apple Computer Inc, Steve Jobs, reconheceu que a disputa com os representantes da banda de Liverpool foi "dolorosa", já que todos admiram sua música."É uma sensação maravilhosa resolver isto de uma maneira positiva, e de modo que desapareça a possibilidade de futuros desacordos", afirmou.Por sua parte, o diretor da Apple Corps, Neil Aspinall, assinalou que sua satisfação em superar a disputa."Desejamos todo sucesso à Apple Inc, e esperamos ter a oportunidade de colaborar pacificamente com eles", afirmou.Litígio começa em 1980O litígio entre as duas empresa remete a 1980, quando George Harrison viu um anúncio dos computadores Apple em uma revista, e se deu conta de que poderia haver um conflito de marcas com a empresa dos Beatles.Em 1981, as partes chegaram a um primeiro acordo para que a Apple Computer utilizasse o nome só em questões relacionadas com a informática, ao tempo que a companhia fonográfica se restringiria ao setor musical.No entanto, com a entrada das empresas de informática no mundo da música, ambas as companhias voltaram a enfrentar-se em 1989. A disputa foi solucionada com outro acordo sobre o uso do símbolo da maçã, em 1991.As companhias, entretanto, voltaram a entrar em conflito em 2003, quando a Apple Inc lançou no mercado o serviço de downloads iTunes e o player iPod, percebidos pela empresa dos Beatles como uma invasão de seu terreno artístico.Um juiz londrino se pronunciou, no ano passado, a favor da multinacional, ao decretar que nenhum desses produtos rompia o pacto firmado pelas empresas, já que não tinham relação com o processo criativo.A Apple Corps, propriedade de Paul McCartney, Ringo Starr e das famílias de John Lennon e George Harrison, anunciou então que pensava em recorrer da decisão.A empresa dos Beatles foi fundada em 1968, e tem como logotipo uma maçã verde, ao tempo que a fabricante americana foi fundada em 1976, e usa como símbolo uma maçã mordida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.