Após prejuízos, hotel barra entrada de Courtney Love

Em sua última visita, roqueira provocou um incêndio em uma das suítes do local enquanto fumava

ANSA,

26 Outubro 2007 | 11h53

O luxuoso Hotel Claridges de Londres proibiu a entrada da ex-mulher do músico Kurt Cobain, a roqueira Courtney Love, após ela causar prejuízos no local.   A ex-vocalista da banda Hole tentou reservar uma suíte no hotel para sua próxima visita à capital britânica, mas as autoridades do Claridges se negaram veementemente a aceitá-la.   O motivo disso é que Courtney provocou um incêndio em uma das suítes do hotel, que custa US$ 3.000 (R$ 6.000) a diária, depois de fumar dentro do local em sua última visita ao hotel, este mês.   Por causa do incêndio, a suíte teve de ser novamente decorada.   "Ela queria a todo custo se hospedar novamente no Claridges, mas quando seus assistentes tentaram reservar uma suíte, recebeu um não redondo como resposta", contou uma fonte próxima de Love, ao tablóide inglês Saily Mirror.

Mais conteúdo sobre:
Courtney Love

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.