Divulgação
Divulgação

Peter Hook decide processar o New Order

Músico acusa ex-companheiros de banda de 'saquearem' o espólio da banda quando eles montaram uma nova empresa em 2011

O Estado de S.Paulo

30 de novembro de 2015 | 16h58

Peter Hook, ex-baixista do New Order, está processando seus ex-colegas de banda, Bernard Sumner, Stephen Morris e Gillian Gilbert, em uma disputa de royalties. As informações são do site da BBC.

Hook, que já não está no grupo e agora se apresenta com Peter Hook and the Light, acusa os integrantes de "saquearem" o espólio do New Order quando eles montaram uma nova empresam há 5 anos epara cuidar das finanças do grup, e não o incluíram na empresa. 

Em entrevista à BBC, o advogado de Peter Hook descreveu a decisão como "clandestina, premeditada, e deliberada". O trio, no entanto, diz ter dado a Hook uma participação razoável de royalties. (Ele recebe atualmente 1,25% da renda do New Order, mas acredita que ele tem direito a 12,5%.)

O representante dos membros da banda afirmou que as reclamações de Hook são "completamente erradas" e disse ao tribunal que o músico tem a intenção de "obstruir" o sucesso do New Order ou queria "voltar a banda".

Mais conteúdo sobre:
New Ordermúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.