Juan Carlos Gomi/ EFE
Juan Carlos Gomi/ EFE

Anitta vai lançar nova música em espanhol, de olho no mercado internacional

'Nunca vou deixar de cantar no meu idioma', diz cantora, que divulgará o hit dia 20 de julho

Juan Carlos Gomi, EFE

05 Julho 2018 | 09h21

Anitta está empenhada em conquistar o mercado internacional e em menos de 15 dias vai lançar uma nova música em espanhol.

E ainda não está decidido se o single do dia 20 de julho será Medicina ou Veneno, duas músicas inéditas e nas quais canta sozinha. No Instagram, ela abriu o debate que teve com a equipe sobre a escolha da canção para mostrar aos fãs como é o processo de decisão.

** Anitta mostra em Lisboa seu funk tipo exportação

"As duas são muito diferentes. Medicina é para dançar, Veneno é mais sexy. São duas propostas muito diferentes. Vamos ver qual vai ganhar", afirmou, entusiasmada, na sua primeira visita à capital da Colômbia.

Anitta está em Bogotá gravando - em segredo - o seu próximo videoclipe no qual, conforme algumas fotos divulgadas na sua página do Instagram, aparece com uma peruca amarela fluorescente, short e top.

As incursões da cantora pelo espanhol são cada vez mais frequentes. Só nos últimos dez meses, ela lançou Indecente e duas parcerias com o colombiano J-Balvin: Downtown e Machika. Apesar disso, descarta um álbum 100% em espanhol.

"Nunca vou deixar de cantar no meu idioma, o português, mas as parcerias com artistas do universo latino continuam. Adoro Bad Bunny, Nicky Jam... toda essa gente muito bem-sucedida, fazendo canções incríveis, como Luis Fonsi. Camila Cabello também que, embora cante em inglês, tem sangue latino. São pessoas muito boas", afirma ela.

Aos 25 anos, Anitta vive um 2018 de sucesso no mundo, apesar de não escapar das polêmicas.

 

"Eu sou feminista. Acho que a mulher tem que ser o que quiser. Se gosta de mostrar o corpo, que mostre; se não gosta, não mostra. Acho que não tem uma maneira certa de ser mulher", defende.

Para ela, a provocação faz parte do seu estilo pessoal e musical.

"Sempre faço música com intenção de instigar à discussão, o debate, fazer com que as pessoas conversem sobre algo importante, não só para se divertir", explica.

Para além das polêmicas que ela alimenta e expõe nas redes sociais, Anitta já é parte do boom da música latina. Agora, chega com Medicina e Veneno e anuncia visitas ao México e Argentina antes de iniciar uma turnê pela América Latina. Com uma carreira disparada, ela segue na luta para fazer o mundo dançar "e pensar".

 

Mais conteúdo sobre:
Anitta

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.