James Stone
James Stone

Anitta se pronuncia sobre clipe gravado com Terry Richardson, acusado de assédio sexual

"Como mulher faço questão de reafirmar que repudio qualquer tipo de assédio e violência contra nós", diz a cantora em comunicado

Pedro Rocha, ESPECIAL PARA O ESTADO

22 de novembro de 2017 | 15h11

A cantora Anitta se pronunciou oficialmente nesta quarta-feira, 22, sobre o destino do seu próximo clipe, Vai, Malandra, gravado no Vidigal, no Rio de Janeiro, com direção do fotógrafo Terry Richardson

O diretor recebeu recentemente - após a gravação do clipe - acusações de assédio sexual. A modelo nova-iorquina Cameron Russell publicou um depoimento sobre o comportamento de Richardson no Instagram e convidou outras pessoas a relatar experiências parecidas. Cerca de 100 mulheres se manifestaram. Como consequencia, o grupo Condé Nast International vetou o fotógrado de realizar futuros trabalhos em suas publicações Vogue e Vanity Fair

+ Fotógrafo Terry Richardson é excluído de grandes revistas após acusação de assédio sexual

"Imediatamente após tomar conhecimento sobre as acusações de assédio que envolvem o diretor Terry Richardson solicitei que minha equipe avaliasse o contrato para verificar o que juridicamente poderia ser feito", diz Anitta em comunicado oficial. A cantora resolveu prosseguir com a divulgação do clipe. 

"Estudamos todas as possibilidades, que foram além das questões jurídicas, passando também pelo envolvimento emocional, levando em consideração o imenso trabalho digno de todos os artistas e colaboradores que de alguma maneira fizeram este clipe acontecer", continua a cantora. "Esse não é um trabalho de uma pessoa só."

Segundo Anitta, a manutenção do clipe para a data planejada, em dezembro deste ano, é em respeito à comunidade onde o vídeo foi gravado. "Manterei minha promessa aos moradores do Vidigal e aos meus fãs lançando o clipe de Vai, Malandra em dezembro deste ano." No clipe, Anitta promete mostrar suas origens e sobre o funk carioca, do qual ela se diz "orgulhar muito" de ser representante. 

Por fim, a cantora afirma repudiar qualquer forma de violência contra as mulheres. "Como mulher, faço questão de reafirmar que repudio qualquer tipo de assédio e violência contra nós e espero que todos os casos dessa natureza sejam sempre investigados com a relevância e seriedade que merecem."

Vai, Malandra vai ser a última música de Anitta a ser lançada este ano em seu projeto de divulgação internacional, Xeque-Mate. Depois de duas músicas em espanhol, Paradinha e Downtown (esta com J. Balvin), e de duas músicas em inglês, Will I See You e Is That For Me, a nova será em português, com versos em inglês do rapper Maejor. 

O clipe foi gravado antes de alguns já lançados. Em entrevista ao Estado, Anitta fala que a jogada foi proposital, para criar expectativa entre os fãs. "Foi estratégia."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.