Bridget Bennett/AFP
Bridget Bennett/AFP

Anitta é alvo de Bolsonaro após publicação sobre Leonardo DiCaprio e título de eleitor

A cantora disse que conversou com o ator sobre eleições e foi rebatida por Bolsonaro que sugeriu que ele abrisse mão de seus jatinhos e iate

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de maio de 2022 | 07h58

O presidente Jair Bolsonaro usou, mais uma vez, sua conta no Twitter para ironizar Anitta. A cantora fez uma série de postagens em suas redes sociais dizendo que, depois do Met Gala, tinha conversado com o ator Leonardo DiCaprio sobre a regularização do título de eleitor pelos mais jovens.

"Ontem eu passei horas com o Leonardo DiCaprio falando sobre a importância dos jovens tirarem seu título de eleitor. Está na reta final", escreveu no Twitter, lembrando que o prazo para a regularização do título termina nesta quarta-feira, 4.

Utilizando uma imagem da publicação da cantora, que recentemente bloqueou o presidente na rede social, Bolsonaro respondeu: "Fico feliz que tenha falado com um ator de Hollywood, Anitta, é o sonho de todo adolescente. Eu converso com milhares de brasileiros todos os dias. Não são famosos, mas são a bússola para nossas decisões, pois ninguém defende e sabe mais sobre o Brasil do que seu próprio povo", escreveu.

O presidente continuou a publicação relacionando o poder do voto a assumir responsabilidades em crimes. "Que bom que concordam comigo sobre incluir os jovens nas decisões dos rumos do país. Certamente também concordam que aqueles que escolhem o caminho do mal, do homicídio, do estupro, também são maduros para responder pelos seus atos. Grandes poderes, grandes responsabilidades", seguiu na publicação.

Bolsonaro também comentou que esperava que Anitta tivesse aconselhado o ator a "abrir mão de seus jatinhos e iate". Segundo o presidente "esses veículos soltam mais CO2 na atmosfera em um dia do que dezenas de famílias brasileiras em um mês. Antes de sair dando lição, é preciso dar o exemplo", finalizou sua publicação.

Nos últimos dias, as redes sociais foram inundadas com campanhas pedindo que jovens tirem o título de eleitor que pessoas com título regularizem a documentação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.