Andreas Kisser homenageia seus ídolos

"A idéia é fazer um som, tomar uma cerveja e brincar de ser Ritchie Blackmore (guitarrista do Deep Purple)." É assim que Andreas Kisser, titular da guitarra do Sepultura, explica a intenção do show que ele comanda hoje à noite, Brasil Rock Stars - Raízes da Guitarra, no Via Funchal. Com uma banda fixa e um punhado de convidados ilustres, ele levará ao palco um repertório de covers que poderia perfeitamente ser interpretado como uma lista dos maiores riffs de guitarra do rock dos anos 60 e 70. Estão no set list do show, por exemplo, Sunshine of You Love do Cream e Purple Haze do Jimi Hendrix - ambas notórias pelos acordes de guitarra que introduzem a música. "Sempre quis ter um show aberto para músicas que me influenciaram no começo de carreira. Antes do Sepultura eu só tocava cover", diz Kisser. "No começo do ano surgiu essa oportunidade, pois estávamos em um período de transição de gravadora e acabou sobrando tempo livre." O guitarrista tocará acompanhado de Paulo Zinner (baterista, ex-integrante do extinto Golpe de Estado), Sílvio Alemão (baixista da Irmandade do Blues), Daniel Latorre (tecladista de Beto Lee), Vazco Fae (vocalista da Irmandade do Blues) e Robson Rocco (vocalista). Para reforçar o time base, Kisser convocou os também guitarristas Samuel Rosa, Toni Belotto, Edgard Scandurra, Beto Lee e André Cristovam, o baixista Nando Reis, o trombonista Bocato, o vocalista João Gordo e os outros três integrantes do Sepultura. Além deles, terá a participação inusitada do vocalista Bruno Sutter, do Massacration. Massacration? Trata-se da banda paródia de trash metal do programa Hermes e Renato, da MTV. "Fizemos um quadro com o Massacration no VMB, o Andreas gostou e me convidou", conta Bruno, que cantou em bandas de blues, hard rock e death metal antes de Hermes e Renato entrar na MTV. "Queria voltar a cantar mas esse show vai ser uma ´responsa´. O maior público que encarei na vida foi de 400 pessoas, em Petrópolis." As influências de Andreas Kisser - O repertório contempla os guitarristas que mais influenciaram Kisser. Do Black Sabath, que traz Tony Iommi na guitarra, ele escolheu Paranoid e Supernaut. "A técnica passa longe do estilo de tocar de Iommi, mas não foi essa a razão dele ter conseguido fama e respeito empunhando a sua guitarra à frente do Black Sabath, e sim por seus incríveis riffs. Para mim, ele é o maior mestre destes pequenos e certeiros acordes". Para os irmãos Dave e Ray Davies, guitarristas do Kinks, Kisser guarda comentários igualmente elogiosos. "Eles se completavam em tudo, principalmente no que diz respeito a tocar guitarra", diz sobre a banda que ele homenageará com uma versão para You Really Got Me. Além das músicas pesadas, Kisser promete um set acústico com seis músicas - entre elas, Riders on the Storm, do the Doors, e Thank You, do Led Zeppelin.Brasil Rock Show - Raízes da Guitarra - Hoje no Via Funchal: Rua Funchal, 65. Tel.: 3846-2300. De R$ 50 a R$ 70

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.