Andrea Bocelli canta para 25 mil pessoas apesar da chuva

Tenor italiano levou Toquinho e Ivete Sangalo ao palco, em show gratuito no Parque da Independência, em SP

21 de abril de 2009 | 19h12

O público não se intimidou com a chuva para assistir à apresentação gratuita do tenor italiano Andrea Bocelli no Parque da Independência, no Ipiranga, zona sul de SP. Cerca de 25 mil pessoas foram ouvir o cantor, que havia dito a jornalista que não cantaria música brasileira, apesar de ser um fã da bossa nova, mas acabou dividindo o palco com Toquinho e Ivete Sangalo, no seu show de divulgação do novo disco, Incanto.

 

Tenor italiano divide o palco com Toquinho e Ivete Sangalo. Foto: Evelson de Freira/AE

 

Apesar de ser em espaço aberto e amplo, não houve lugar para todo mundo. No repertório de Bocelli estavam, além de árias de óperas (de Verdi, Puccini...), faixas de seu novo trabalho, com cuja turnê o artista comemora seus 50 anos de idade. O disco foi dedicado ao amor, com interpretações de clássicos eternizados em vozes de outros tenores italianos, como Caruso e Pavarotti. Bocelli cantou acompanhado pela soprano Olivia Gorra, pelo barítono Gianfranco Montresor, pelo flautista Andrea Griminelli, pelo Coro Philarmonia e Orquestra Sinfônica do Paraná. A regência foi de Eugene Kohn.

 

Milhares de pessoas assistem ao show 'Incanto' apensar da chuva. Foto: Evelson de Freitas/AE

 

Capa, guarda-chuva, cachecol e casacão. O figurino invernal foi providencial para aqueles que foram ao Parque da Independência. São Paulo registrou a segunda tarde mais fria do ano, segundo a Climatempo. Às 15 horas, a estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) no Mirante de Santana, zona norte, registrou 20,3°C. O recorde foi em 5 de janeiro (em pleno verão), com 19,6°C.

 

Show de Andrea Bocelli (centro), no Parque da Independência. Foto: Evelson de Freitas/AE

 

Bocelli surgiu no cenário internacional no início dos anos 90. Participou da série de shows Pavarotti and Friends, ao lado do grande tenor italiano, morto em 2007, e desde então buscou espaço próprio no mercado com grandes recitais. Seu grande sucesso foi o dueto Con Te Partirò, ao lado de Sarah Brightman, que virou hit nas paradas internacionais. Já gravou ao lado de artistas populares como Laura Pausini, Céline Dion e mesmo a brasileira Sandy. (Colaborou João Luiz Sampaio)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.