Amy Winehouse tem problemas pulmonares e cardíacos

Cantora inglesa tem apenas 70% de sua capacidade pulmonar, segundo seu pai afirmou ao 'Sunday Mirror'

Associated Press,

22 de junho de 2008 | 12h56

A diva do soul Amy Winehouse, de 24 anos, tem problemas pulmonares e alterações cardíacas, segundo afirmou o pai da cantora em entrevista publicada pelo jornal inglês Sunday Mirror neste domingo, 22. A cantora, que foi hospitalizada na semana passada depois de sofrer um desmaio, tem os pulmões danificados por conta do cigarro e do uso de crack.  "Os médicos disseram que se ela voltar a usar drogas não vai apenas arruinar sua voz, mas vai se matar", disse Mitch Winehouse, afirmando que sua filha tem um estado um pouco avançado de enfisema e batimentos cardíacos irregulares. Além disso, os médicos advertiram a cantora que ela terá que usar uma máscara de oxigênio se não deixar de usar drogas. Amy tem "nódulos no peito e marcas escuras. Possui apenas 70% de sua capacidade pulmonar", segundo afirmou Mitch Winehouse. Na última segunda-feira, 16, a cantora sofreu um desmaio dentro de casa, no norte de Londres, quando um grupo de fãs foi até o local para pedir autógrafos. Levada ao hospital, Amy foi internada e ficou em observação durante toda a semana. "Quando ela não está trabalhando e que realmente começam os problemas. Os médicos disseram que não há nenhum motivo para ela não fazer shows", disse o pai da cantora. No entanto, os problemas de saúde de Amy Winehouse colocam em dúvida a sua participação no show que acontecerá na próxima sexta no Hyde Park, de Londres, para celebrar o aniversário de 90 anos do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela. A cantora chegou a prometer deixar as drogas e se submeter a um programa de desintoxicação, embora seu pai tema que seu círculo de amizades a leve a descumprir sua palavra. "Digo aos traficantes de droga, e eles sabem quem são, que se fornecerem crack para Amy terão que assumir a responsabilidade", advertiu Mitch Winehouse.O pai da cantora também não quer ver sua filha com "amigos como Pete Doherty", cantor da banda britânica Babyshambles e usuário de drogas confesso. "Que esperança terá se está cercada de pessoas que usam drogas", perguntou.

Tudo o que sabemos sobre:
Amy Winehouse

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.