Amy Winehouse implanta silicone às vesperas de voltar à TV

Segundo fontes, cantora britânica deve aparecer em concurso de dança entre celebridades, na BBC

Efe

10 de outubro de 2009 | 09h38

A cantora birtânica Amy Winehouse implantou próteses de silicone nos seios às vésperas de sua aparição em um programa de TV, informa a edição de hoje do tabloide The Sun.

 

Segundo a publicação, a cantora de 26 anos pagou 35.000 libras (€ 38.000) pela operação, que teria sido feita na quarta-feira.

 

O que levou Amy a fazer a cirurgia, diz o The Sun, foi o desejo dela de "recuperar as sensuais curvas" que tinha em 2003, quando surgiu no cenário musical, e que desapareceram após "anos de uso abusivo de heroína".

 

De acordo com os amigos da artista ouvidos pelo tabloide, Amy decidiu colocar silicone nos seios para ganhar auto-estima à medida que recupera lentamente sua imagem e estar apresentável no dia que voltará a aparecer na TV.

 

A polêmica cantora deve participar de um programa da BBC chamado Strictly Come Dancing, um concurso de dança com a participação de personalidades. Durante a atração, Amy cantará no coro de sua afilhada e cantora, Dionne Bromfield, de apenas 13 anos.

 

Um dos funcionários da clínica londrina em que a artista operou disse ao The Sun que Amy está com uma "aparência incrível": "Ela está uma nova mulher. Amy nos disse que queria uma aparência nova. Tudo faz parte de um novo começo para sua grande volta", acrescentou a fonte.

 

"Quando ela se internou, tínhamos medo por talvez ela ter tido uma nova recaída. Depois, a vimos dando voltas com esses enormes seios, que se destacam por ela ser tão pequena e magra", destacou o funcionário.

 

Alguns pacientes, no entanto, disseram ter dúvidas quanto à participação de Amy no programa da BBC, a cujos ensaios ela não compareceu esta semana.

 

Um paciente disse que a viu "perambulando aturdida, cantarolando algo". "Ela tinha tubos saindo do peito e perguntei o que tinha feito. Ela me disse: 'Operei os seios. (...) Queria ficar mais bonita e estava cansada de enchimentos no sutiã'".

 

"Foi divertidíssimo. Eu sequer sabia que ela ia a aparecer no programa, mas quando a vi estava com problemas para dizer uma frase inteira. Ficarei surpreso se ela conseguir cantar na televisão. Ela parecia em estado calamitoso, fora de si", acrescentou o paciente.

 

Um porta-voz de Amy, que só cantou ao vivo três vezes nos últimos meses, confirmou que a cantora passou pela clínica, mas apenas para uma visita de "rotina".

Tudo o que sabemos sobre:
Amy Winehousesiliconeseio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.