ALOISIO MAURICIO|FOTOARENA
ALOISIO MAURICIO|FOTOARENA

Amigos, familiares e cachorrinho de estimação Cosmos se despedem de Kid Vinil

Velório do cantor e apresentador, que morreu na sexta-feira, 19, ocorre na Assembleia Legislativa de São Paulo neste sábado, 20

O Estado de S.Paulo

20 Maio 2017 | 18h22

O velório do cantor e apresentador Kid Vinil, que morreu na sexta, 19, um mês depois de sofrer parada cardíaca em Conselheiro Lafaiete, em Minas, ocorre na Assembleia Legislativa de São Paulo, no Ibirapuera. Amigos e familiares foram ao local para se despedir de Kid Vinil neste sábado, 20. Seu cachorro Cosmos, da raça Golden Retriever, também foi levado para o local.


O cantor e produtor Kid Vinil morreu na tarde da sexta-feira, 19, aos 62 anos, em São Paulo. Ele, que era diabético e sofreu uma parada cardíaca no dia 16 de abril, estava internado no hospital Totalcor, no Jardim Paulistano, na zona norte. Importantíssimo para a construção da história do rock nacional, Antônio Carlos Senefonte, nome de batismo do artista, iniciou sua carreira com o grupo Verminose, um dos pioneiros do pós-punk no País. Pouco tempo depois, a banda se transformou no Magazine. No início dos anos 80, o grupo alcançou sucesso nacional com os hits Sou Boy e Tic-Tic Nervoso. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.