José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Amigos e artistas lamentam morte de Beth Carvalho

Sambista morreu no fim da tarde desta terça-feira, 30, após dois meses internada

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

30 de abril de 2019 | 20h39

RIO - A morte da cantora Beth Carvalho, ocorrida nesta terça-feira (30) no Rio de Janeiro, repercutiu entre músicos e outros artistas, que manifestaram seu pesar.

A Estação Primeira de Mangueira, escola que Beth Carvalho integrava, divulgou nota em que afirma: “Com muita tristeza no coração informamos a toda nação verde e rosa que nossa madrinha, Beth Carvalho, nos deixou essa tarde e foi para o andar de cima levar sua alegria junto aos mangueirenses Cartola, Nelson Cavaquinho, Carlos Cachaça e Jamelão, entre outros bambas do samba”. A agremiação divulgou vídeo de Beth cantando na quadra da Mangueira e classificou a cantora como “um dos mais importantes nomes do samba e voz que cantava com alma as cores de nosso pavilhão”.

O carnavalesco da Mangueira, Leandro Vieira, afirmou em depoimento à TV por assinatura Globonews que Beth  "cantou a alma do Brasil, o povo brasileiro, o asfalto e a favela, a devoção, o canto da Beth é um canto político, de resistência. Não é só a artista, mas é a cidadão que coloco a voz a disposição de um discurso,que coloca a obra a serviço de um país".  O músico Arlindinho Cruz, filho de Arlindo Cruz, contou no Instagram que “exatamente 6 dias atrás ela me ligou, isso mesmo, a madrinha do samba me ligou me convidando pra cantar no show dela no dia 5. Combinamos a música e eu estava desde então com dificuldades pra dormir de tão ansioso em poder cantar com ela pela primeira vez. E agora? Ainda estou em choque. Ela perguntou do meu pai, falamos sobre homenagear ele, enfim... Descanse em paz , e obrigado por lembrar de mim isso me dará muita força pra seguir com a bandeira do samba. Eternamente te amarei.”



Alcione também se manifestou por meio do Instagram. "O Brasil perdeu uma grande cantora, uma grande sambista. A Mangueira perdeu uma de suas maiores personalidades", declarou.


A cantora Elza Soares escreveu: “O samba está de luto! O samba perde a sua grande intérprete Beth Carvalho! Com muita dor no coração que eu falo assim, mas Deus sabe o que faz, a gente não sabe o que fala. Que ela vá com Deus e com os anjos. São os meus sentimentos”.

Caetano Veloso gravou um vídeo emocioando em que diz "Beth Carvalho é uma das maiores maravilhas do Brasil". O cantor relembra que conheceu a madrinha do samba logo que chegou ao Rio acompanhado de Maria Bethânia.

 


A cantora Zélia Duncan afirmou que “Beth Carvalho tinha tanta força que eu jurava que ela era eterna... pra nós será! Obrigada, guerreira, o Brasil chora sua falta. Te amo”.

A também cantora Roberta Sá escreveu: “Beth se foi e deixa um legado pra música brasileira. Repertório brilhante, fez história ao gravar Nelson Cavaquinho e Cartola, ao amadrinhar Zeca Pagodinho e tantos outros. Nesse dia me disse pra eu não abandonar o samba. Te obedeço, rainha. Um beijo enorme pra Luana e toda família. Meus sinceros sentimentos e eterna gratidão à madrinha do samba, que nos deu e ensinou tanto. Vá em paz, Beth. O mundo insistindo em nos tirar os bons. Nós continuaremos aqui, honrando teu nome e tua história”.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), divulgou nota em que afirma: "Lamento profundamente a morte de Beth Carvalho, uma das melhores e mais importantes cantoras do nosso país. Seus sambas embalaram da minha infância até os dias de hoje. Na sua longa e bem sucedida carreira musical, essa grande intérprete do samba carioca reuniu, ao longo de cinco décadas, fãs de todas as idades, unindo o país em torno da beleza da sua voz e das suas canções. O Estado do Rio de Janeiro hoje ficou mais triste. Compartilho a dor de todos os admiradores e me solidarizo com os familiares e amigos."

O ex-candidato à presidência da República Guilherme Boulous (PSOL) afirmou: “Perdemos Beth Carvalho. Perde o samba. Perde a luta por um Brasil melhor. Ficará pra sempre na nossa memória”. O ex-deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ) escreveu: “Nossa Beth Carvalho se foi! É sempre triste perder alguém q cantava, tão lindamente, tanta esperança. Imagino a roda de samba que ela organiza no céu, pelo Dia imortal do(a) Trabalhador(a): ‘chega, Cartola! Vem, João Nogueira! Segura, Jamelão! Orquestra aí, Pixinga! Manda, Ivone!’”.

Confira outras reações:





 

Tudo o que sabemos sobre:
Beth Carvalhomúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.