Alta velocidade, armas e droga deixam John Popper preso

O cantor da banda Blues Traveler foi preso e teve o carro em que se encontrava apreendido por trafegar a uma velocidade de 178 km/h. A política encontrou droga e muitas armas no veículo, segundo informou na quarta-feira, 7, a agência de polícia de Washington, nos Estados Unidos. Popper, de 39 anos, foi flagrado infringindo as leis no início da noite de terça-feira, perto de Lincoln, de acordo com a polícia. Dentro de seu carro preto da marca Mercedes, foram encontradas muitas armas e uma pequena quantidade de maconha. Ao todo, um cão treinado pela polícia encontrou quatro rifles, nove revólveres e uma faca. No carro de Popper, que vive atualmente em Snohomish, em Washington, também foi encontrada uma sirene e luzes de emergência que, segundo o cantor, ele possui porque, caso sofra algum acidente, terá como ser socorrido rapidamente. O veículo era dirigido por Brian Gourgeois, de 34 años, de Austin, Texas, que também foi preso. A banda americana Blues Traveler, que mistura rock e blues, foi criada em New Jersey, em 1983. A fama do grupo, integrado ainda por Chan Kinchla (guitarra), Brendan Hill, Tad Kinchla e Tad Kinchla, veio com a canção composta por Popper, Run-Around, vencedora do Grammy em 1996, e por The Hook. Popper não respondeu a um e-mail da AP em busca de comentários sobre o ocorrido na noite de quarta-feira. Recentemente o músico fez parte de um grupo chamado The John Popper Project com o DJ Logic (que já esteve no Brasil participando do Bourbon Street Fest em 2003), e com quem lançou um álbum no ano passado e agendou uma turnê que começaria no final deste mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.