AP
AP

Álbum 'Off the Wall', de Michael Jackson, vira tema de documentário de Spike Lee

Lançado em 1979, disco sairá de novo à venda, em sua versão original, no dia 26 de fevereiro, junto ao longa sobre o rei do pop; confira vídeos

O Estado de S.Paulo

07 Janeiro 2016 | 16h53

Off the Wall, o revolucionário álbum gravado por Michael Jackson em 1979 e que mudou "o sentido do pop", sairá de novo à venda, em sua versão original, no dia 26 de fevereiro, junto ao documentário Michael Jackson's Journey from Motown to Off the Wall, dirigido por Spike Lee.

Uma reedição que virou realidade graças a um acordo entre The Estate of Michael Jackson e Sony/Legacy Recordings, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira, 7, pelas gravadoras.

O lançamento, em CD/DVD e CD/Blu-Ray, incluirá o novo documentário que Spike Lee rodou sobre Michael Jackson e cuja estreia mundial será 24 de janeiro, no Festival de Cinema de Sundance.

A estreia na televisão do documentário está prevista para 5 de fevereiro, no canal de pago Showtime.

A importância de Off the Wall, explica a Sony, está no fato de que Jackson o gravou quando tinha apenas 20 anos e, no entanto, é a alegação "de um visionário criativo, com uma força musical única".

Essa gravação foi recorde de vendas de discos de artistas negros e deu passo a "uma emocionante nova era" na qual era divulgada nas rádios a evolução do R&B para o pop, "com tendências de marketing, vendas e posições nas listas nunca antes vistas na música pop moderna".

É o disco, segundo a revista Rolling Stone, que "inventou o pop moderno" como é conhecido atualmente.

Com letras do próprio Jackson, o primeiro single de Off The Wall, Don't Stop 'Til You Get Enough, que alcançou o número 1 nos Estados Unidos, lhe rendeu seu primeiro Grammy.

Com os singles Rock With You, Off the Wall e She's Out of My Life, Jackson se transformou no primeiro solista da história com quatro músicas de um mesmo álbum que chegaram o Top 10 da lista Hot 100 da Billboard.

Em 2014, acumulava oito discos de platina nos Estados Unidos e mais de 30 milhões de cópias vendidas no mundo todo.

O documentário de Spike Lee reúne uma grande quantidade de imagens de arquivo, inclusive algumas que figuram em seus documentos pessoais, entrevistas com artistas daquela época, membros de sua família, e as próprias palavras e imagens do "rei do pop".

 

Mais conteúdo sobre:
Michael Jackson Spike Lee

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.