Álbum do divórcio de Marvin Gaye será relançado

NOVA YORK (Billboard) - O criticado álbum "Here, My Dear"(1978), de Marvin Gaye, que fez a crônica de seu divórcio deAnna Gordy, será relançado em 15 de janeiro com um disco debônus contendo material retrabalhado. O primeiro disco do projeto da Motown inclui uma versãoremasterizada do álbum duplo original e uma nova mixagem dafaixa "Ain't It Funny (How Things Turn Out)", do baixistaBootsy Collins, do álbum "Dream of a Lifetime". O segundo discotraz um resequenciamento de "Here, My Dear", composto dosvocais de demo de Gaye e faixas instrumentais não utilizadas daépoca. Os artistas e produtores que produziram o material dosegundo disco trabalharam apenas com as fitas originais devárias faixas. ?estlove, do The Roots, produziu "Sparrow", ePrince Paul foi o responsável pelo novo "Everybody Needs Love."Outros colaboradores incluem Mocean Worker, Easy Mo Bee, LeonWare e Salaam Remi. Quando foi lançado, na era da discoteca, "Here, My Dear"foi criticado por seu som pouco comercial e suas letrasintensamente pessoais. O único sucesso que saiu do álbum foi "AFunky Space Reincarnation", que chegou à 23a posição na listaBlack Singles da Billboard. A canção foi usada recentemente numcomercial de TV do perfume Dior, com a atriz Charlize Theron.O álbum foi lançado pela primeira vez em CD em abril de 1994,com texto do biógrafo de Marvin Gaye, David Ritz, e entrou naparada de álbuns do catálogo R&B da Billboard como No. 1. Ritz escreveu que Gaye estava convencido de que a Motownjamais promoveria um álbum contendo críticas à irmã do fundadorda empresa, Berry Gordy Jr., e que ele fez tudo o que pôde paradesagradar à gravadora. O álbum esgotou em pouco tempo e nãoteve novas edições na época.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.