Álbum de Kylie Minogue é fracasso de vendas nos Estados Unidos

Apesar de um programa de divulgaçãomais forte que o comum, Kylie Minogue não conseguiu emplacarnos Estados Unidos seu primeiro álbum em quatro anos. "X" é o décimo álbum da cantora pop australiana e o quartoa ser lançado nos EUA. O álbum estreou na 139a posição da listaBillboard 200, com vendas de apenas 6.000 cópias, segundo aNielsen SoundScan. Seu álbum anterior, "Body Language", estreou na 42a posiçãoem 2004, vendendo 43 mil exemplares. Dois anos antes disso,"Fever" tinha estreado na terceira posição, depois de vender114.700 cópias. Em 2005, Kylie Minogue descobriu que tinha um câncer demama e passou dois anos em recesso. Ela esteve nos EUA nasemana do lançamento de "X", em 1o de abril, dando entrevistasna TV aos programas "Today", da NBC, "The Late Late Show withCraig Ferguson", da CBS, e "Ellen DeGeneres Show", transmitidopor vários canais. Além disso, cantou no "Dancing with the Stars", da ABC, quefoi visto por mais de 17 milhões de pessoas. "X" foi lançado internacionalmente em novembro passado,quando estreou na segunda posição nas paradas britânicas e naprimeira na Austrália -- seu terceiro álbum a ser Número 1 emseu país. Kylie Minogue inicia uma turnê européia na França, em 6 demaio. Não foram anunciadas apresentações nos EUA. A fama internacional da cantora não se repete nos EUA, ondeálbuns como "Light Years" (2000) e "Enjoy Yourself" (1990) nemsequer foram lançados. A única outra vez em que ela constou naBillboard 200 foi com seu álbum de estréia, "Kylie", de 1988,que chegou à 53a posição. Mesmo assim, o relativo anonimato nos EUA tem suasvantagens. "É uma situação estranha para mim, porque posso andar narua aqui (em Los Angeles) e ninguém me reconhece", disse Kylieà Reuters em janeiro. "Adoro isso." Um representante da Capitol Records, que lançou "X" emparceria com o selo de dance music Astralwerks, disse quemuitos dos fãs de Kylie nos Estados Unidos compraram cópiasimportadas do álbum no ano passado. De acordo com ele, a campanha de divulgação do álbum estáapenas começando. O primeiro single, "All I See", vai chegar àsrádios na próxima semana. A Capitol e a Astralwerks pertencem ao grupo britânicoEMI.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.