Divulgação
Divulgação

Álbum da Legião Urbana não deve ser mais relançado

Giuliano Manfredini, filho de Renato Russo, afirma que é dele os direitos de uma música inédita que sairia como bônus em disco

Julio Maria, O Estado de S.Paulo

20 Outubro 2015 | 21h23

O primeiro disco da Legião Urbana, lançado em 1985, que seria relançado com sobras de estúdio e uma música inédita gravada em 1985 não vai mais fazer parte do material em comemoração aos 30 anos da banda, segundo um comunicado emitido na noite desta terça-feira (20) pela empresa Legião Urbana Produções Artísticas, que tem Giuliano Manfredini, filho de Renato Russo, como sócio majoritário. A canção '1977' se tornou objeto de polêmica assim que Giuliano, pediu para ter garantidos seus direitos autorais sobre a obra do pai. Dado Villa-Lobos, guitarrista da banda, lamentou ao Estado na tarde desta terça-feira: "Acho que não poderemos mais lançar, o filho do Renato deve impedir". Marcelo Bonfá, baterista, também não entrou em grandes detalhes, mas comentou que a obra estava em discussão. "A família (de Renato Russo) está dizendo que a música é deles e a registraram. Não deveremos mais lançar".

Na noite desta terça (20), a empresa de Manfredini emitiu um comunicado dizendo que a decisão da desistência do lançamento foi tomada pelos próprios Bonfá e Dado: "A respeito da decisão de cancelamento do lançamento do álbum comemorativo aos 30 anos do primeiro disco da Legião Urbana, a Legião Urbana Produções Artísticas, legítima e única detentora da marca Legião Urbana e dos direitos sobre a obra do fundador da banda, Renato Russo, tem a declarar: a decisão foi tomada unilateralmente pelos demais integrantes da banda". Em outro parágrafo, informa que "os demais integrantes da banda questionaram a autoria em uma tentativa de apropriação da música '1977', composta integralmente pro Renato Russo e cujos direitos estão divididos entre Renato Russo (75%) e Legião Urbana Produções Artísticas (25%), como atestam os registros do ECAD."

Bonfá e Dado se preparam para estrear uma turnê que deve passar por várias cidades brasileiras fazendo o repertório da Legião Urbana. Eles terão como vocalista o ator e músico André Frateschi e contarão com alguns convidados, como Paulo Miklos. O primeiro show será nesta sexta (30), em Santos. 

Mais conteúdo sobre:
legião urbana

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.