Alaíde Costa no Sesc Pompéia

O projeto Terceira Via, do Sesc Pompéia, apresenta nessa quinta-feira, no palco da Choperia, a partir das 21h30, a cantora Alaíde Costa. Trata-se de um recital de voz e piano - com Giba Estebez encarregado de acompanhar essa que é a cantora dos compositores, a predileta deles: de fato, uma das mais sofisticadas intérpretes populares de qualquer parte do mundo.O repertório do show é baseado no do disco Falando de Amor, que Alaíde gravou, nos anos 80, na Bélgica, com produção do cantor Rolando Ferreira - que, radicado na França, forma, com Luiz Antônio, a dupla Les Étoiles. Na época da gravação do disco Zé Luiz Mazzioti estava cantando na Europa. Entusiasmado por Alaíde, juntou-se aos também entusiasmados por ela para tornar o disco possível. O lançamento brasileiro só se deu no ano passado quando a gravadora CID promoveu a edição de Falando de Amor em CD.Nascida no Rio, em dezembro de 1935, Alaíde foi menina-prodígio, vencendo um concurso para cantores jovens organizado na Rádio Tupi carioca, por Paulo Gracindo. Logo depois, foi contratada pela Rádio Clube do Brasil e, em 1957, gravou seu primeiro disco, o 78 rotações que trazia Tarde Demais (Hélio Costa e Anita Andrade). Pelo disco de estréia, ganhou o prêmio de revelação do ano.Um belo dia, João Gilberto a ouviu cantando e levou-a para o grupo dos criadores da bossa nova. Por intervenção direta de João, Alaíde gravou seu primeiro elepê, em 1959, Alaíde Canta Suavemente. No repertório estavam as criações de Jobim (Estrada Branca), João Donato e João Gilberto (Minha Saudade) e de outros autores do primeiro momento da bossa, tornado-se a intérprete predileta deles, e dos do mesmo quilate que viriam a surgir.Ficou sendo marca dela, a escolha cuidadosa do repertório, a interpretação que vai às raias do preciosismo, mesmo carregada das mais densas emoções: técnica e emoção no mais alto grau, em doses exatamente iguais.No show de amanhã , Alaíde vai cantar Absinto (Fátima Guedes), Falando de Amor (Tom Jobim), Amor É Outra Liberdade (Sueli Costa e Abel Silva), Estrada do Sertão (João Pernambuco e Hermínio Bello de Carvalho) entre outras preciosidades que, em sua voz afinadíssima, ganham a mais ampla dimensão.Alaíde Costa. Quinta-feira às 21h30. R$ 6,00. Choperia do Sesc Pompéia. Rua Clélia, 93, tel. 3871-7700

Agencia Estado,

27 de setembro de 2000 | 16h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.