Advogado de Jackson há anos sai da equipe

Um advogado que trabalhava para Michael Jackson por mais de dez anos abandonou a equipe de defesa do cantor. Segundo o Jackson, Steve Cochran tirou "uma licença temporária" da defesa no caso em que o astro pop é acusado de abuso sexual de menor, mas vai continuar "colaborando" com o cabeça da equipe, o advogado Thomas Mesereau Jr."Gostaria de agradecer a Steve Cochran por todo o trabalho duro que ele fez por mim", disse Jackson em uma declaração divulgada por seu porta-voz. "Ele continua sendo meu amigo e conselheiro". O motivo para a saída de Cochran não foi divulgado. Em uma outra declaração, Mesereau desmentiu os rumores de que havia animosidade entre ele e Cochran, a quem chamou de amigo e de "advogado brilhante". Mesereau recusou-se a fazer outros comentários sobre o assunto. Em abril, Jackson demitiu os advogados Mark Geragos e Benjamin Brafman, colocando em seu lugar o famoso advogado Mesereau. A equipe de Cochran vinha trabalhando com assuntos menores do caso de Jackson.

Agencia Estado,

18 de outubro de 2004 | 17h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.