Acusações contra Pete Doherty são retiradas

Promotores britânicos disseram hoje que retiraram as acusações de roubo e chantagem contra o músico Pete Doherty, o problemático ex-líder da banda de rock The Libertines.Doherty, de 25 anos, que supostamente seria namorado da super modelo Kate Moss, foi preso em fevereiro depois de uma briga em um hotel de Londres. Ele passou cinco noites na cadeia antes de ser libertado após pagar fiança e ter horário limitado para ficar fora de casa.Um porta-voz da promotoria disse hoje que as acusações foram retiradas porque havia "provas insuficientes para uma real condenação". Acusações semelhantes foram retiradas de outro músico, Alan Wass, de 23 anos, que foi preso com Doherty.Doherty, cujos problemas com as drogas e brigas com a lei o colocaram nas manchetes dos noticiários por meses, foi expulso do Libertines e criou uma nova banda, Babyshambles.Ele foi várias vezes noticiado como o namorado de Kate Moss, mas a imprensa britânica tem publicado notícias conflitantes sobre o casal estar junto ou não, desde que ele foi preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.