A cantora mexicana Gloria Trevi anuncia gravidez

A pop star mexicana Gloria Trevi, que protagonizou um escândalo internacional ao engravidar há quatro anos na prisão, no Brasil, anunciou que está grávida novamente. Gloria está livre, depois de passar anos nas prisões do Brasil e do México. Ela foi uma cantora de grande popularidade no México dos anos 90. Seu estilo irreverente e provocativo cativou a juventude da época.Gloria disse que vai dar à luz em agosto, pouco depois de concluir sua turnê Trevolution para promover o CD How the Universe Was Born, álbum que gravou assim que ficou em liberdade, disse em entrevista à rede de televisão Televisa, ontem, acrescentando que está "muito feliz" por estar grávida. O pai, segundo a imprensa local, é seu noivo mexicano Armando Gómez."Todas as penúrias que passei estão se convertendo em bendições", acrescentou Gloria, aludindo a sua prisão em janeiro de 2000 no Brasil, e sua extradição para o México, onde foi absolvida das acusações de corrupção de menores e libertada em setembro de 2004. Ela foi presa junto com seu agente Sergio Andrade, que foi condenado a sete anos e 10 meses de prisão por acusações similares, podendo obter a liberdade se pagar US$ 94 mil dólares, por imposição do juiz, como reparação ao dano causado à vítima. A acusação contra Andrade e Glória foi feita pela ex-corista da cantora, Karina Yapor, que era menor de idade e teve um filho do empresário. A identidade do pai da criança nascida no Brasil é mantida em segredo até agora. O pai de seu próximo filho, Armando Gómez, segundo a imprensa mexicana, foi detido em outubro de 2004 no aeroporto internacional de Los Angeles por suposto tráfico ilegal de dinheiro, pagou uma fiança de US$ 15 mil e ficou em liberdade em novembro.Este é o terceiro filho de Gloria. A primeira, Ana Dalay, faleceu no Brasil em janeiro de 1999. O menino Angel Gabriel, de três anos, nasceu quando ela estava presa em Brasília. A turnê Trevolution, que começou no início de março na cidade natal da cantora, Nuevo León, passou por sete cidades mexicanas e terminará em meados de maio, no Texas, depois de percorrer outras cidades nos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.