A cantora Anatasha Meckenna interpreta as várias formas de amor em show no Rio

A cantora Anatasha Meckenna interpreta as várias formas de amor em show no Rio

Repertório é inspirado em seu CD e DVD ‘O Amor Vem Pra Ficar’; apresentação será nesta segunda, 3, no Teatro Rival Petrobras

Adriana Del Ré, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2019 | 10h00

A cantora e compositora Anatasha Meckenna se apresenta no Teatro Rival Petrobras, no Rio, nesta segunda-feira, 3, às 19h, ao lado do pianista Plinio Oliveira. O repertório do show é inspirado em seu CD e DVD O Amor Vem Pra Ficar, lançado no ano passado.  

Transitando entre a música popular e lírica, Anatasha canta ainda em inglês, espanhol, italiano e latim. “Os álbuns O Amor Vem Pra Ficar, em CD e DVD, trazem um repertório eclético e que busca traduzir sonoramente em cada faixa a evolução do amor”, conceitua a cantora. A primeira faixa do disco, por exemplo, é uma releitura de Who Wants To Live Forever, sucesso do Queen, que guitarrista Brian May compôs para a trilha sonora do filme Highlander e ficou imortalizada na voz de Freddie Mercury.

“No decorrer do álbum, há outros amores sendo colocados em questão. São feitas reflexões sobre a vida e suas intempéries, e como é preciso ter sabedoria e amadurecimento para superar e viver em plenitude”, explica ela. “Claro que ambos os álbuns trazem coisas com as quais eu me identifico e que meu público conhece, e que fazem parte da minha história, como as célebres Ave Maria e Oh, Mio Babbino Caro.” 

No repertório, estão outras homenagens ao amor revisitadas pela cantora, como Love Me Tender, Volver a Los Diecisiete, Smile, entre outras. Além das canções que estão no disco e no DVD, a cantora promete surpresas para o público. 

Anatasha iniciou sua carreira quando ainda era criança. Foi quando ganhou um piano. "Eu escrevia muitas poesias, muitos poemas e ouvia muitas músicas que minha avó colocava para tocar. Então, me aventurava em tocar e cantar essas canções ou compor com simplicidade algumas. Tempos depois, comecei a dedilhar algumas coisas e fui desenvolvendo." Na adolescência, ela passou a se apresentar profissionalmente. Também compositora, sua primeira composição foi a ópera Reminiscências da Minha Infância.

Sobre ir da música popular à lírica, ela afirma: "É minha forma de amar. Sempre gostei de ambos os gêneros. A música é algo inexplicável. É uma linguagem universal e universalista. E não importa se é erudita ou popular, é música e é uma forma de se expressar".


Teatro Rival Petrobras - Rua Álvaro Alvim, 33/37 - Centro/Cinelândia - Rio de Janeiro. Data: 03 de junho (segunda). Horário: 19h. Abertura da casa: 18h. Ingressos: R$ 60,00 (Inteira) e R$ 30,00 (meia-entrada). 50% da renda da bilheteria será revertida para a ONG Solar Meninos de Luz

Tudo o que sabemos sobre:
Anatasha Meckenna

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.