'21', de Adele, chega aos 10 milhões de cópias nos EUA

O álbum "21", da premiada cantora de soul Adele, chegou nesta quarta-feira à marca dos 10 milhões de exemplares vendidos nos Estados Unidos, fazendo da artista a primeira britânica a conquistar um disco de diamante no mercado norte-americano, segundo a Nielsen SoundScan.

Reuters

28 de novembro de 2012 | 20h03

Incluindo sucessos como "Someone Like You" e "Rolling in the Deep", o álbum foi o mais vendido de 2011, e no começo deste ano rendeu seis prêmios Grammy à cantora.

Esse foi o terceiro álbum a superar a marca dos 10 milhões em 2012. Os outros foram "Hybrid Theory", do Linkin Park, e "Confessions", de Usher. Mas, segundo a Nielsen, há uma década nenhum álbum atingia essa marca em menos de dois anos após o lançamento.

"Que honra incrível", disse Adele em nota. "Um enorme, enorme obrigada a vocês, meus fãs americanos, por abraçarem esse disco num nível tão maciço."

"21" receberá a certificação da Associação da Indústria Fonográfica da América, entrando para o ranking de álbuns de artistas como Michael Jackson, Beatles e Madonna.

A cantora de 24 anos faz sucesso atualmente também com o single "Skyfall", canção oficial do homônimo filme do personagem James Bond. O single já vendeu mais de 2 milhões de cópias neste ano.

Além disso, Adele foi mãe pela primeira vez em 2012.

Na lista Billboard 200 desta semana, a cantora Rihanna tem pela primeira vez um álbum na liderança, "Unapologetic", que vendeu 238 mil cópias.

Ela resistiu à chegada de novos trabalhos de Phillip Phillips, ganhador do "American Idol", que apareceu em quarto lugar com seu álbum de estreia, "The World From the Side of the Moon", e do cantor de country-rock Kid Rock, que ficou em quinto com "Rebel Soul".

(Reportagem de Piya Sinha-Roy)

Tudo o que sabemos sobre:
MUSICAADELEDIAMANTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.