2ª edição do Tribos Eletrônicas traça perfil da produção nacional

Quem for à segunda edição do festival Tribos Eletrônicas, que começa sexta-feira e segue até domingo no Sesc Vila Mariana, em São Paulo, terá à frente um panorama da cena eletrônica brasileira. É certo que o panorama é um tanto parcial, posto que neste ano a programação privilegia artistas da gravadora Trama, parceira do Sesc Vila Mariana na produção do evento. Nada mais justo. Os destaques da sexta-feira são Flu, Ratão, Max de Castro e DJ Mark.O gaúcho Flu toca pela primeira vez em São Paulo as músicas de seu primeiro disco-solo, o genial e a alegria continua. Ex-baixista do grupo Defalla, Flu define o próprio trabalho como MPB psicodélica. Também dos pampas, Ratão apresenta as músicas do disco Ratão, que aposta no cruzamento entre funk , rock e elementos eletrônicos. As canções do disco Samba Raro, repletas de influências vindas do soul brasileiro, são a base do repertório do show de Max de Castro. Uma das referências do drum´n´bass e um dos DJs mais festejados em Londres, Mark encerra a noite com suas improvisações.O programa de sábado apresenta o DJ Marquinhos Mesquita, Olívia , DJ Lika, XRS Land e DJ Camilo Rocha. O acid tecno executado por Camilo Rocha, o precursor das raves no Brasil, é um dos destaques. E por falar em precursores, o domingo tem na performance do veterano Loop B um dos pontos altos da programação. O "músico da sucata" vai contar com as participações especiais da cantora Stela Campos e do percussionista Ponfiano. O último dia do festival reserva ainda belas apresentações de Marcos Suzano, DJ Koloral, Ram Science, DJ Andy e o DJ Patife que em agosto toca no Reading Festival, na Inglaterra.O dado curioso fica para a onipresença do cantor e compositor pernambucano Otto. Às vésperas do lançamento de Changez Tout, um CD duplo com remixes do elogiado álbum Samba pra Burro, o ex-Mundo Livre s.a. vai assumir o papel de mestre-de-cerimônia de todas as noites do Tribos Eletrônicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.