Semana de Moda de Paris: Desfiles espetaculares voltam às passarelas

Teve dança contemporânea na marca japonesa Issey Myiake e o pirarucu brasileiro marcando o desfile do americano Rick Owens

AFP - Redação

Os desfiles espetaculares voltaram com força à Semana de Moda masculina de Paris nesta quinta-feira, 23, com dança contemporânea na marca japonesa Issey Myiake e o pirarucu brasileiro marcando o desfile do americano Rick Owens.

O desfile da marca japonesa reuniu modelos, acrobatas e atores, dirigidos por Rachid Ourmadane, diretor do parisiense Teatro Nacional de Chaillot

Seguindo o estilo que já é assinatura de Myiake, as roupas eram adequadamente soltas e confortáveis, com as quais os modelos puderam dançar e realizar acrobacias.

Continua após a publicidade

Modelo desfila criação de Rick Owens na Semana de Moda masculina de Paris Foto: AP Photo/Christophe Ena

Para a temporada de primavera e verão de 2023, a Myiake propõe cores frescas e vibrantes: vermelho, amarelo, verde e violeta. São "looks completos" ou intercambiáveis.

Uma jaqueta leve é combinada com calças largas para formar uma linha ondulada. Botões inteligentes transformam os bolsos em reversíveis e os casacos se adaptam ao clima e a vontade de quem está vestindo, do capuz ao tamanho da peça.

Enquanto isso, no pátio do Palais de Tokyo em Paris, o designer americano Rick Owens apresentou um desfile tipicamente arrebatador.

O cenário apresentava três esferas gigantes sendo incendiadas, içadas por um guindaste e depois lançadas na vasta piscina na fonte do centro de arte.

 

Owens buscou retratar um mundo "perturbado pela guerra", embora sua proposta estilística, inspirada também pelo antigo Egito, ganhou leveza. 

Desta vez, o estilista americano utilizou o rosa fosforescente para um casaco com transparências, reflexos verdes para calças metalizadas e até óculos de sol amarelos.

As ombreiras continuam gigantes, uma marca registrada de Rick Owens.

Para algumas peças, ele recorreu às escamas de um enorme peixe da Amazônia brasileira, o pirarucu. Este animal é "uma fonte de alimento para as comunidades indígenas, que vendem a pele como descarte", disse ele.

 

A pele de pirarucu é um dos materiais recicláveis utilizados por criadores com mais consciência ecológica.

Paralelamente à agenda oficial, o espanhol Arturo Obegero apresentou sua nova coleção.

Obegero imagina o homem com longos colares de pérolas. Há vestidos de peça única, pretos, delicadamente bordados com pedraria, ou brancos com enormes enfeites combinando no pescoço, cintura e pés.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Semana de Moda de Paris: Desfiles espetaculares voltam às passarelas

Teve dança contemporânea na marca japonesa Issey Myiake e o pirarucu brasileiro marcando o desfile do americano Rick Owens

AFP - Redação

Os desfiles espetaculares voltaram com força à Semana de Moda masculina de Paris nesta quinta-feira, 23, com dança contemporânea na marca japonesa Issey Myiake e o pirarucu brasileiro marcando o desfile do americano Rick Owens.

O desfile da marca japonesa reuniu modelos, acrobatas e atores, dirigidos por Rachid Ourmadane, diretor do parisiense Teatro Nacional de Chaillot

Seguindo o estilo que já é assinatura de Myiake, as roupas eram adequadamente soltas e confortáveis, com as quais os modelos puderam dançar e realizar acrobacias.

Continua após a publicidade

Modelo desfila criação de Rick Owens na Semana de Moda masculina de Paris Foto: AP Photo/Christophe Ena

Para a temporada de primavera e verão de 2023, a Myiake propõe cores frescas e vibrantes: vermelho, amarelo, verde e violeta. São "looks completos" ou intercambiáveis.

Uma jaqueta leve é combinada com calças largas para formar uma linha ondulada. Botões inteligentes transformam os bolsos em reversíveis e os casacos se adaptam ao clima e a vontade de quem está vestindo, do capuz ao tamanho da peça.

Enquanto isso, no pátio do Palais de Tokyo em Paris, o designer americano Rick Owens apresentou um desfile tipicamente arrebatador.

O cenário apresentava três esferas gigantes sendo incendiadas, içadas por um guindaste e depois lançadas na vasta piscina na fonte do centro de arte.

 

Owens buscou retratar um mundo "perturbado pela guerra", embora sua proposta estilística, inspirada também pelo antigo Egito, ganhou leveza. 

Desta vez, o estilista americano utilizou o rosa fosforescente para um casaco com transparências, reflexos verdes para calças metalizadas e até óculos de sol amarelos.

As ombreiras continuam gigantes, uma marca registrada de Rick Owens.

Para algumas peças, ele recorreu às escamas de um enorme peixe da Amazônia brasileira, o pirarucu. Este animal é "uma fonte de alimento para as comunidades indígenas, que vendem a pele como descarte", disse ele.

 

A pele de pirarucu é um dos materiais recicláveis utilizados por criadores com mais consciência ecológica.

Paralelamente à agenda oficial, o espanhol Arturo Obegero apresentou sua nova coleção.

Obegero imagina o homem com longos colares de pérolas. Há vestidos de peça única, pretos, delicadamente bordados com pedraria, ou brancos com enormes enfeites combinando no pescoço, cintura e pés.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Atualizamos nossa política de cookies

Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.