Angela Weiss / AFP
Angela Weiss / AFP

Semana de Moda de Nova York terá desfiles presenciais em setembro

A decisão é incentivada pela campanha de vacinação em andamento e a reabertura gradual de Nova York

Redação, AFP

13 de abril de 2021 | 11h00

A Semana de Moda de Nova York planeja voltar a ter desfiles presenciais em sua próxima edição, que acontecerá do dia 8 ao dia 12 de setembro, informou o sindicato da moda dos Estados Unidos CFDA, nesta segunda-feira, 12.

Este retorno aos eventos em público acontecerá de acordo com as normas sanitárias vigentes no estado de Nava York, disse a CFDA, que espera que algumas marcas continuem optando por uma apresentação online.

Quase todas as apresentações das últimas duas edições das semanas de moda, em setembro e fevereiro, aconteceram virtualmente, com a exceção de alguns poucos estilistas como Christian Siriano e Rebecca Minkoff que organizaram desfiles presenciais.

Nessas duas edições, a CFDA recomendou os criadores a favorecerem o sistema de exibição virtual, para evitar o risco de contágio vinculado ao coronavírus.

Incentivada pela campanha de vacinação em andamento e a reabertura gradual de Nova York, a CFDA espera uma temporada que "celebre o melhor da moda americana em formatos físicos e digitais", expressou seu diretor executivo Steven Kolb, citado em um comunicado de imprensa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.