Fabiano Pedrollo
Fabiano Pedrollo

Nossa casa, nosso templo

Em uma união harmoniosa entre natureza e a vida nas grandes cidades, Diana Radomysler e Isabella Fiorentino contam sobre a escolha de unificar esses dois elementos à arquitetura assinada por Marcio Kogan

Alice Ferraz, Moda

03 de outubro de 2020 | 16h00

Fotos: Fabiano Pedrollo

Diana Radomysler

Leia Também

Voz ativa

Voz ativa

Minha casa é minha caverna. É meu lugar de proteção e aconchego, que abriga um pouco de tudo o que gosto; e a natureza faz parte disso. Acordo de manhã e vejo através do muxarabi do meu quarto a sombra de uma pitangueira que se mexe com o vento. A copa da árvore se debruça sobre a janela balcão, na qual faço home office. O terreno onde está minha casa hoje era o dobro do tamanho atual. Fizemos um primeiro projeto com um jardim central ligando os dois volumes, mas logo decidimos que um espaço mais aconchegante e menor seria mais a nossa cara. A natureza pode estar presente em residências de todos os tamanhos. Assim, usamos o recuo frontal e dos fundos para abrigar nossas duas pitangueiras e alguns vasos que foram se unindo a nós ao longo dos anos.

 

Isabella Fiorentino

Nossa ideia sempre foi morar em São Paulo, que é o lugar que a gente trabalha e ama, sem abrir mão da natureza. Procuramos um terreno que tivesse árvores nativas. Cresci em uma família onde uma parte importante da convivência estava atrelada à natureza.

Somos em seis e meu pai levava todos os filhos em um trailer para respirar ar puro. A ideia de termos um lago em casa, assinado por Renata Tilli, e não uma piscina com cloro é exatamente por causa dessa pegada mais rústica. Água dele é ozonizada e os próprios peixes, ao se alimentarem, fazem a limpeza do local. A ideia principal do projeto foi fazer com que a copa das árvores ficasse exatamente na área social, para quando recebermos nossos convidados pudéssemos ficar todos na altura das árvores. Diferentemente da maioria das casas de dois andares, nossa parte intima é no térreo, perto do jardim. 

Tudo o que sabemos sobre:
moda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.