Benoit Tessier/ Reuters
Benoit Tessier/ Reuters

Louis Vuitton leva banda marcial da Flórida ao Louvre para Semana de Moda de Paris

Grife apresentou suas novas criações coloridas de moda masculina, homenageando o estilista Virgil Abloh

Mimosa Spencer, Reuters

23 de junho de 2022 | 18h04

A Louis Vuitton aumentou o volume na Semana de Moda de Paris na quinta-feira, 23, colocando a famosa banda marcial Marching 100, do Estado norte-americano da Flórida, no coração do Louvre para iniciar o show que apresentou suas novos roupas coloridas de moda masculina, homenageando o falecido estilista Virgil Abloh.

"Virgil, vida longa a Virgil", entoou o rapper Kendrick Lamar sentado ao lado da modelo Naomi Campbell em uma passarela amarela brilhante - imitando uma pista de carrinhos de brinquedo gigante que se desenrolou por um pátio de ladrilhos com uma fonte ao centro. 

Os músicos da banda da Universidade A&M, da Flórida, balançaram bandeiras em meio aos instrumentos de sopro, iniciando movimentos de dança marchando na passarela em formação e abrindo caminho para os modelos. 

Para a coleção primavera-verão, o estúdio de moda masculina da tradicional casa de moda elaborou designs com a característica assinatura de Abloh, enviando ternos alongados em tons pastéis, casacos cobertos com estampas de flores silvestres ou adornos como formatos de aviões de papel e patches em formato de tesoura. Também foram apresentadas jaquetas de motoqueiro psicodélicas, jaquetas jeans com franjas, chapéus tricotados e camisas com pontas recortadas utilizadas com bermudas soltas e gastas. 

No final do espetáculo, os modelos carregaram uma faixa leve de tecido arco-íris em tom pastel, retomando o primeiro show de Abloh para a marca em 2018, realizado em uma passarela arco-íris simbolizando sua abordagem à diversidade. 

Abloh, o estilista negro mais estimado do setor, morreu no ano passado, aos 41 anos, após uma batalha contra o câncer. Ele era conhecido por tirar suas inspirações das ruas e creditado pela consolidação da chegada do streetwear à moda de ponta. 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.