Justin Lane/EFE
Justin Lane/EFE

Jill Biden abre a exposição anual de moda no Met

Evento no Metropolitan Museum of Art, em Nova York, teve discurso da primeira dama dos EUA

Redação, EFE

02 de maio de 2022 | 15h05

A primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden, presidiu a apresentação para a imprensa de 'In America: An Anthology of Fashion', a segunda parte de uma ampla mostra sobre moda americana que começou em setembro do ano passado e desta vez homenageia as estilistas dos séculos XIX e XX que foram ignoradas ou esquecidas.

Ela foi convidada especial na abertura da grande exposição anual de moda do Metropolitan Museum of Art (Met) de Nova York, paralelamente ao Met Gala. Conforme indicou o Instituto de Moda do Met, que organiza a exposição, a primeira-dama discursou  na inauguração juntamente com os executivos e organizadores, e depois visitou a exposição acompanhada por um grupo de bolsistas e pelo curador da exposição, Andrew Bolton.

O CEO do Met, Daniel Weiss, considerou uma "honra excepcional, um privilégio" receber a primeira-dama no museu, e disse estar ansioso para abordar com ela "as poderosas maneiras pelas quais a arte pode nos ensinar sobre nosso passado, conectar-se ao presente e inspirar uma visão do futuro".

"Esta é uma exposição particularmente oportuna e relevante que explora as histórias pouco reconhecidas da cultura americana, oferecendo maneiras mais amplas de entender o passado. Estamos muito satisfeitos de que a doutora Biden juntou-se a nós neste momento importante".

'In America: An Anthology of Fashion' será aberta ao público no próximo dia 7 de maio, e vem na sequência de uma primeira edição chamada 'In America: A Lexicon of Fashion' que abriu em setembro do ano passado, em paralelo ao primeiro Met Gala após a pandemia da covid-19. Met Gala, festa beneficente do Instituto de Moda com a presença de inúmeras figuras e celebridades do mundo do entretenimento e da moda, acontece hoje, 2, e será presidida pelos atores Blake Lively, Ryan Reynolds e Lin-Manuel Miranda. EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.